Projeto Cesta Verde

VOLTAR


O projeto envolve o escoamento da produção de assentados da Fazenda \'Boa Sorte\' (Assentamento \'17 de abril\') de Restinga e da cooperativa de pequenos produtores orgânicos de Claraval direcionado a famílias cadastradas no Cadastro Único de Franca, dando suporte tanto à agricultura familiar no meio rural, quanto às famílias em situação de vulnerabilidade social no meio urbano. A sistematização da entrega é feita por parte da Secretaria de Ação Social. Além dos produtores, dentre os envolvidos estão as Extensões Universitárias, Populares e Comunicativas \"Núcleo Agrário Terra e Raiz\" (NATRA) e Margarida Alves ; o FBSSAN; e o Instituto Práxis (IPRA). Há também o apoio da Fiocruz e do Grupo Unesp Solidária.
A distribuição de cestas é acompanhada por panfletos informativos com medidas de proteção, hábitos de higiene alimentar, valorização da agricultura familiar e visibilidade da importância da reforma agrária, entre outros temas. Com isso, o grupo visa informar famílias de questões de extrema importância com uma linguagem acessível, segundo a perspectiva da educação popular
O que motivou a criação do projeto foi a necessidade de garantir acesso a uma alimentação saudável das famílias em vulnerabilidade, tendo em vista o contexto de pandemia. Sendo que já havia a luta pelo combate à fome na região por parte do FBSSAN, mas que tomou medidas mais amplas com o desencadear da pandemia.
O projeto tem a perspectiva de fortalecer a segurança e soberania alimentar e nutricional, trazendo um modelo efetivo e possível de ação de combate à fome no município, com o intuito de que o projeto sirva também como molde para uma política pública por parte do município.