Curso de Bioconstrução

VOLTAR

O curso consistiu na realização de um banheiro seco com outras técnicas de bioconstrução, como captação de água da chuva e telhado verde. Foi feito uma parceria com o Departamento de Manutenção Predial, da COGIC, que disponibilizou mão de obra para a etapa de pré produção da obra, basicamente em alvenaria, e a Associação de Permacultores da Mata Atlântica (APEMA), que por meio de seus instrutores ministraram o curso, que aconteceu no seguno semestre de 2019. A divulgação do curso foi feito em redes sociais e baseada em uma seleção a partir das respostas colocadas pelos participantes na ficha de inscrição. Procurou-se dar preferência a pessoas que faziam parte de alguma organização que pudesse replicar o conhecimento aprendido. Optou-se por este curso pela necessidade de apresentar alternativa de saneamento ecológico coerente com a visão da organização Terrapia. Deste modo, o banheiro seco implementado se constitui em um laboratório e sala de aula onde é possível desenvolver diversas temas relacionado à educação ambiental, tendo em vista a forte relação entre saneamento ecológico e agroecologia.

Localização e abrangência espacial

Esta experiência está sendo cadastrada pelo celular (via aplicativo ODK Collect)?
Não
Qual é a abrangência territorial das ações desenvolvidas na experiência?
Estadual

Identificação

O describa es el nombre de la organización que registra la experiencia
Projeto Terrapia

Sujeitos

Você considera que a experiência tem uma atuação em Rede?
Sim
¿Con qué grupos se construye esta experiencia?
  • Educadoras/es
  • Estudantes
  • Movimentos sociais
  • Consumidoras/es
  • Agricultoras/es urbanas/os
  • Agricultoras/es familiares/camponeses
Sexo: indique los grupos que participan en esta experiencia
  • Feminino
  • Masculino
Se há um sexo com maior participação, indique
Feminino
Faixa etária - indique o(s) grupo(s) que participa(m) dessa experiência
  • De 15 a 29 anos
  • Acima de 60 anos
  • De 30 a 60 anos
Se há uma faixa etária com maior participação, indique
De 30 a 60 anos

Estratégias de Comunicação e Anexos

Que tipo(s) de ferramenta(s) utiliza para divulgar a experiência e se comunicar com os envolvidos?
  • Site
  • Whatsapp/Telegram
  • E-mail
  • Facebook/Messenger
  • Instagram

Políticas públicas

Caso a experiência tenha acessado uma ou mais políticas públicas brasileiras, indique
Nenhuma

Identificação do tipo experiência

Esta experiência é/foi realizada no Brasil?
Sim
Selecione o tipo de experiência
Saneamento
Componente do saneamento
  • Destino adequado de resíduos sólidos (exemplo: compostagem, reciclagem, etc)
  • Acesso à água para consumo humano (exemplo: captação de água de chuva, proteção de nascentes, etc.)
  • Destino adequado ao esgotamento sanitário (exemplo: separação de águas cinzas e imundas, fossas ecológicas, etc.)

Práticas em saúde e agroecologia

Águas e saneamento
  • Captação de água de chuva
  • Gestão de resíduos
Práticas Agroalimentares (produção/beneficiamento/consumo)
  • Compostagem
  • Outra
Qual outra?
Telhado verde
O que estimula a adoção dessa(s) prática(s)?
  • Curso de capacitação e treinamento
  • Intercâmbio/vivência
  • Participação em redes de aprendizados e conhecimentos
  • Rodas de conversa e oficinas

Redes em saúde e agroecologia

De que forma sua organização poderia colaborar na criação e/ou fortalecimento dessas redes?
Disponibilizando estrutura física para realização de atividades. Colaborando com debates relacionados à alimentação saudável, agroecologia e pemacultura.

Resistências e ameaças

Algo ameaça esta experiência?
Outra
Qual outra?
Tabus culturais- dificuldade em aceitar outro formato estrutural de banheiros
Há conflito(s) ambiental(is) no(s) território(s) onde essa experiência acontece?
Não