Curso de alimentação viva na promoção da saúde e ambiente

VOLTAR


Este curso tem como finalidade contribuir para atransformação das condições de vida locais através das práticas naturais deautocuidado como alimentação viva, compostagem de resíduos, produção de brotos,mudas e horta agroecológica, dentro do âmbito do Programa Fiocruz Saudável e daCoordenação de Cooperação Social da Fiocruz, com atuação em todo o estado doRio de Janeiro e também recebendo pessoas de outros estados e países. Busca assim contribuir para a mudança de hábitos de vida para um estilo de vida ecológicoe mais próximo da natureza, integrando as ações de promoção à saúde,  funcionando como uma rede social e assistencialcom ensino, experimentação e inovação. Sua concepção está associada aosreferenciais da promoção da saúde, com ações voltadas para participaçãocomunitária.
O curso é gratuito, porém participativo, onde os participantes trazem os ingredientes utilizados nas oficinas e contribuem financeiramente de forma consciente, se responsabilizando pela manutenção e expansão do projeto. Público: Pessoas interessadas em mudanças de hábitos de vida, principalmente os alimentares, e em ecologia. Nenhuma escolaridade é exigida.
Programa, todas as quintas-feiras das 9 às 14h, durante um semestre:
​07:30h – Coleta de plantas alimentícias não convencionais da horta (opcional)
08:30h – Preparo do suco de clorofila em grupo
10h – Observação da germinação das sementes e tarefas de casa
11h - Conversas teóricas
12h – Oficina de culinária viva com preparo do almoço coletivo
13h30min – Confraternização na roda do “Tembiu porã” (*) e almoço
14h – Harmonização do espaço, arrumando o material utilizado
14:30h – Encerramento do dia
​(*) “Alimento bonito” em Guarani

Identificação

O describa es el nombre de la organización que registra la experiencia
Terrapia

Duração da experiência

1 Impacto da Pandemia da Covid-19

Essa é uma experiência criada em resposta aos efeitos da crise sanitária decorrente da pandemia do Coronavírus (Covid-19)?
Em parte, a experiência já acontecia mas houve ajustes devido à pandemia

Práticas em saúde e agroecologia

Práticas Agroalimentares (produção/beneficiamento/consumo)
  • Compostagem
  • Feiras agroecológicas
  • Plantas alimentícias não convencionais (PANCs)
Prácticas Integradas y complementarias en Salud
  • Meditação
  • Yoga
  • Dança circular
Práticas Populares e Tradicionais de Cuidado em Saúde ou Saúde Popular
Dietas alimentares
O que estimula a adoção dessa(s) prática(s)?
  • Ancestralidade/trajetória de vida/memória afetiva
  • Curso de capacitação e treinamento
  • Intercâmbio/vivência
  • Rodas de conversa e oficinas
  • Participação em redes de aprendizados e conhecimentos

Políticas públicas

Caso a experiência tenha acessado uma ou mais políticas públicas brasileiras, indique
Nenhuma

Redes em saúde e agroecologia

De que forma sua organização poderia colaborar na criação e/ou fortalecimento dessas redes?

Parcerias com outras experiências de alimentação viva e/ou saudáveis 

Compras coletivas de sementes e produtos orgânicos e agroecológicos 

Divulgação feiras orgânicas e agroecológicas 

Disponibilidade do espaço físico do projeto para troca de saberes 

Formação de multiplicadores em alimentação viva com ênfase em agroecologia 

Apoio na gestão de feiras agroecológicas 

Resistências e ameaças

Algo ameaça esta experiência?
  • Agrotóxico
  • Transgênico
  • Disputa territorial ou dificuldade de acesso ao território
  • Racismo
Há conflito(s) ambiental(is) no(s) território(s) onde essa experiência acontece?
Não

Localização e abrangência espacial

Esta experiência está sendo cadastrada pelo celular (via aplicativo ODK Collect)?
Não
Qual é a abrangência territorial das ações desenvolvidas na experiência?
Internacional
Países de abrangência
Brasil, Argentina Chile Venezuela Colômbia Portugal Espanha Itália França Nova Zelândia Costa Rica Eslovénia

Sujeitos

Você considera que a experiência tem uma atuação em Rede?
Não
¿Con qué grupos se construye esta experiencia?
  • Profissionais de saúde
  • Agricultoras/es familiares/camponeses
  • Agricultoras/es urbanas/os
  • Estudantes
  • Consumidoras/es
  • Educadoras/es
Qual(is) a(s) identidade(s) do(s) grupo(s) social(is) e coletivo(s) que participa(m) da construção desta experiência?
Interessados em alimentação viva na promoção da saúde
Sexo: indique los grupos que participan en esta experiencia
  • Feminino
  • Masculino
Se há um sexo com maior participação, indique
Feminino
Color o raza - indique lo(s) grupo(s) que participan de la experiencia
  • Indígena
  • Branca
  • Parda
  • Preta
  • Amarela
Se há uma cor ou raça com maior participação, indique
Branca
Faixa etária - indique o(s) grupo(s) que participa(m) dessa experiência
  • De 15 a 29 anos
  • De 30 a 60 anos
  • Acima de 60 anos
Se há uma faixa etária com maior participação, indique
De 30 a 60 anos

Estratégias de Comunicação e Anexos

Que tipo(s) de ferramenta(s) utiliza para divulgar a experiência e se comunicar com os envolvidos?
  • E-mail
  • Facebook/Messenger
  • Whatsapp/Telegram
  • Instagram
  • Site

Identificação do tipo experiência

Esta experiência é/foi realizada no Brasil?
Sim
Selecione o tipo de experiência
Alimentação e nutrição