Divino Alimento - Alimento de Todo Mundo

VOLTAR


A Campanha “Divino Alimento – Alimento de Todo Mundo” surgiu  da necessidade de transformar a iminente crise econômica em uma oportunidade de fortalecer uma rede “ganha-ganha” que fomenta o trabalho de produtores  familiares, ao mesmo tempo que contribui para abastecer com alimentos saudáveis e nutritivos as pessoas que se viram em situação de maior vulnerabilidade diante da pandemia de Covid-19. Teve início em 7 de abril de 2020, por iniciativa de associados da OSCIP Akarui preocupados com os impactos negativos da pandemia sobre a renda dos pequenos produtores e sobre a segurança alimentar e nutricional de famílias em situação de vulnerabilidade. Essa Campanha estabeleceu um fluxo contínuo de produção e acesso aalimentos em transição agroecológica/orgânica em um momento histórico de instabilidades e incertezas.

Funciona a partir de doações em dinheiro, que é usado para a compra de alimentos em transição agroecológica/orgânica de produção local e  distribuição às famílias cadastradas no Centro de Referência em Assistência Social - CRAS de São Luiz do Paraitinga. As doações são feitas de duas formas: (i) diretamente por depósito bancário, e (ii) por um grupo de consumidores de São  Luiz do Paraitinga que, ao comprarem cestas semanais de alimentos, doam à  Campanha 23% do valor pago. 

A Campanha Divino Alimento pôde ser rapidamente estruturada graças a uma rede de instituições e voluntários que já vinham atuando em  parceria no território, desenvolvendo as cadeias produtivas agroecológicas da região. Fazem parte desta rede: Akarui, Associação Biodinâmica (ABD),  Associação Minhoca – Parceiros Agroecológicos, Projeto Conexão Mata Atlântica,  Programa de Desenvolvimento Territorial Rural (PDRT-Suzano), Prefeitura  Municipal de São Luiz do Paraitinga, Rede Serafim, bem como diversos voluntários da comunidade e produtores rurais. 

Como resultados imediatos dos 4 primeiros meses (abril-julho) da Campanha  tivemos:
**   19  famílias de agricultores** de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra beneficiados  diretamente, alguns dos quais tiveram a sua produção totalmente direcionada à  campanha;
**    110 famílias cadastradas** no CRAS, que  receberam aproximadamente **500 cestas**  **de alimentos saudáveis** ,  nutritivos e livres de agrotóxicos;
**    25 famílias de consumidores**  compromissados com a compra semanal da cesta, que gera doações contínuas em  dinheiro;
**    R$ 27 mil** em compras de aproximadamente **5 toneladas de alimentos** produzidos com base nas ações de transição agroecológica na região.

Nossa intenção agora é **fortalecer** ainda mais a  Campanha, ampliando por mais tempo, atendendo a mais pessoas e transformando-a  num **programa permanente** capaz de beneficiar de forma integrada a saúde da população, a economia local, o cuidado com os recursos naturais e a  valorização dos modos de vida rurais da região do Vale do Paraíba. .

Desde agosto, passamos a atender 30 famílias que recebem cestas todas as semanas. Ou seja, decidimos apostar na regularidade das doações para as mesmas 30 famílias. Inclusive, estamos iniciando agora um trabalho de acompanhamento para entender os efeitos que a doação desses alimentos tem gerado no campo socioeconômico, na cultura alimentar, e na segurança alimentar e nutricional dessas famílias.