Curso de Qualificação Profissional em Cooperativismo, Agroecologia, Saúde e Ambiente

VOLTAR


OCurso de Qualificação Profissional em Cooperativismo, Agroecologia, Saúde eAmbiente, iniciado em maio de 2015, promoveu a formação de jovens moradores deassentamentos do Estado do Rio de Janeiro e foi realizado pela EPSJV emparceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico(CNPq), o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera/INCRA), aSecretaria Nacional da Juventude (SNJ) e o Movimento dos Trabalhadores RuraisSem Terra (MST). O curso foi financiado pelo edital Residência Agrária Jovem(RAJ), do Pronera, que tinha como objetivo financiar projetos nos assentamentosque incorporem a juventude para fortalecer a produção da vida nosassentamentos.
Os jovens, quereceberam uma bolsa-auxílio para participarem do curso, são moradores doAssentamento Dandara dos Palmares e Acampamento Madre Cristina, em Campos dosGoytacazes (RJ); Assentamento Zumbi do Palmares, em São Francisco de Itabapoana(RJ); Assentamento Francisco Julião, em Cardoso Moreira (RJ); e AssentamentoCampo Alegre, na Baixada Fluminense.
O curso foirealizado no regime de alternância entre tempo escola e tempo comunidade,promovendo uma articulação entre a teoria e a prática. Nos tempos comunidade,além das atividades encaminhadas pelos educadores durante o tempo escola, comoleituras e pesquisa sobre reconhecimento de território, os professores tambémforam até os assentamentos para dar aulas.
Entre asdiversas atividades desenvolvidas ao longo do curso, a equipe de coordenaçãodestacou uma viagem a Itapeva (SP) para conhecer um assentamento do MST que éorganizado em núcleos e agrovilas e que possui diversas cooperativas emfuncionamento (de plantas medicinais, grãos, horta agroecológica, leite ederivados, entre outras).
O conteúdo do curso sebaseou em quatro componentes curriculares: Juventude, Identidade e Cultura;História, Trabalho e Cooperativismo; Território, Saúde e Pesquisa; eFundamentos do Cooperativismo e Agroecologia. Além desses componentes, o cursoteve ainda oficinas (Teatro do Oprimido; Mídias Alternativas; e Expressão eComunicação) e tempo reservado para a auto-organização dos alunos eencaminhamentos da pesquisa para o TCC.      

Práticas em saúde e agroecologia

Práticas Agroalimentares (produção/beneficiamento/consumo)
Quintais sócio-produtivos (horticultura, pomar, etc.)
Práticas Populares e Tradicionais de Cuidado em Saúde ou Saúde Popular
Remédios caseiros a partir de plantas medicinais
Esta práctica es considerada una tecnología social por los protagonistas de la experiência?
Sim
O que estimula a adoção dessa(s) prática(s)?
Curso de capacitação e treinamento

Políticas públicas

Caso a experiência tenha acessado uma ou mais políticas públicas brasileiras, indique
Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA)

Sujeitos

Você considera que a experiência tem uma atuação em Rede?
Sim
¿Con qué grupos se construye esta experiencia?
  • Educadoras/es
  • Estudantes
  • Movimentos sociais
  • Agricultoras/es familiares/camponeses
Sexo: indique los grupos que participan en esta experiencia
  • Feminino
  • Masculino
Color o raza - indique lo(s) grupo(s) que participan de la experiencia
  • Parda
  • Preta
  • Branca
Faixa etária - indique o(s) grupo(s) que participa(m) dessa experiência
De 15 a 29 anos

Identificação do tipo experiência

Esta experiência é/foi realizada no Brasil?
Sim
Selecione o tipo de experiência
Ensino-pesquisa-extensão
Se envolve ensino, indique qual(is) o(s) tipo(s) de curso(s)
Curso livre (sem titulação)
Si se trata de enseñanza, indique el número total de vacantes disponibles (por curso/clase)
30
Se envolve ensino, indique o número total de egressos (pessoas que concluíram o curso/turma)
21
Se envolve pesquisa, indique a área principal da pesquisa
Saúde
Se envolve pesquisa, o grupo está cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq?
Não
Se envolve extensão, indique a área principal da extensão
Saúde
Si se trata de transferencia tecnológica, el grupo se encuentra formalizado en una institución universitaria?
Não

Estratégias de Comunicação e Anexos

Que tipo(s) de ferramenta(s) utiliza para divulgar a experiência e se comunicar com os envolvidos?
  • Facebook/Messenger
  • Site
  • Instagram

Localização e abrangência espacial

Esta experiência está sendo cadastrada pelo celular (via aplicativo ODK Collect)?
Não
Qual é a abrangência territorial das ações desenvolvidas na experiência?
Estadual