Pastoral da Saúde/Casa do Agricultor Familiar Dom Tomás Balduino

VOLTAR


A pastoral da saúde/Casa do agricultor familiar dom tomás balduino foi fundada em 1994, tendo completado 26 anos de atividades. A Pastoral da Saúde Diocese de Goiás/GO é conectada à Igreja Católica, que faz parte das milhares de Dioceses espalhadas pelo Brasil. Tal instituição religiosa possui a sua própria delimitação político espacial, seus territórios. Para a pastoral em questão, sua demarcação envolve 4 regionais, englobando 20 municípios.  A experiência tem suas raízes no trabalho popular ao lado das comunidades camponesas que lutam pela terra em Goiás. A partir destas ações foram sendo formatadas redes de agricultoras familiares que passaram a se formar na utilização de plantas medicinais e em medicina popular. Há atualmente uma rede de farmacinhas de plantas medicinais nos municípios que compõem a rede. Todo o trabalho desta experiência se dá em torno do conhecimento tradicional das plantas do cerrado.

Identificação do tipo experiência

Selecione o tipo de experiência
Cuidado em saúde

Sujeitos

Você considera que a experiência tem uma atuação em Rede?
Não
¿Con qué grupos se construye esta experiencia?
  • Extensionistas rurais/ técnicas/os
  • Movimentos sociais
  • Pastoral
  • Profissionais de saúde
  • Sindicato
  • Educadoras/es
  • Estudantes
  • Agricultoras/es familiares/camponeses
Qual(is) a(s) identidade(s) do(s) grupo(s) social(is) e coletivo(s) que participa(m) da construção desta experiência?
Camponeses
Sexo: indique los grupos que participan en esta experiencia
  • Masculino
  • Feminino
Se há um sexo com maior participação, indique
Feminino
Faixa etária - indique o(s) grupo(s) que participa(m) dessa experiência
  • Até 6 anos
  • De 7 a 14 anos
  • De 15 a 29 anos
  • De 30 a 60 anos
  • Acima de 60 anos
Se há uma faixa etária com maior participação, indique
De 30 a 60 anos

Duração da experiência

1 Impacto da Pandemia da Covid-19

Essa é uma experiência criada em resposta aos efeitos da crise sanitária decorrente da pandemia do Coronavírus (Covid-19)?
Não, a experiência já vinha acontecendo e continua durante a pandemia

Localização e abrangência espacial

Qual é a abrangência territorial das ações desenvolvidas na experiência?
Regional intermunicipal

Resistências e ameaças

Algo ameaça esta experiência?
  • Transgênico
  • Disputa territorial ou dificuldade de acesso ao território
  • Violência de gênero (contra mulher, LGBTQIAP+fobia)
  • Sucessão geracional frágil ou inexistente
  • Agrotóxico
Há conflito(s) ambiental(is) no(s) território(s) onde essa experiência acontece?
Não

Redes em saúde e agroecologia

De que forma sua organização poderia colaborar na criação e/ou fortalecimento dessas redes?
A partir da articulação e fortalecimento de experiências em saúde popular, que trabalham com plantas medicinais no Cerrado Goiano. 

Práticas em saúde e agroecologia

Práticas Agroalimentares (produção/beneficiamento/consumo)
  • Cozinhas comunitárias
  • Plantas alimentícias não convencionais (PANCs)
Prácticas Integradas y complementarias en Salud
  • Bioegenergética
  • Homeopatia
  • Plantas medicinais e fitoterapia
Práticas Populares e Tradicionais de Cuidado em Saúde ou Saúde Popular
  • Benzimentos, orações, aconselhamento
  • Dietas alimentares
  • Remédios caseiros a partir de plantas medicinais
Esta práctica es considerada una tecnología social por los protagonistas de la experiência?
Sim
O que estimula a adoção dessa(s) prática(s)?
  • Curso de capacitação e treinamento
  • Intercâmbio/vivência
  • Participação em redes de aprendizados e conhecimentos
  • Ancestralidade/trajetória de vida/memória afetiva
  • Rodas de conversa e oficinas

Identificação

O describa es el nombre de la organización que registra la experiencia
Núcleo de Agroecologia e Educação do Campo - GWATÁ

Estratégias de Comunicação e Anexos

Que tipo(s) de ferramenta(s) utiliza para divulgar a experiência e se comunicar com os envolvidos?
E-mail