Rede agroecológica de prosumidores/as Raizes da Mata

VOLTAR


Desde 2011, somos impulsionados pelo desejo de facilitar o acesso à alimentação saudável e transformar o ato de consumo em PROSUMO. Nós, Rede Raízes da Mata, reunimos os frutos do trabalho das famílias que produzem alimentos saudáveis e diversos, tecendo, há mais de oito anos, processos de comercialização justos e solidários. Pelo nosso pioneirismo no encurtamento dos caminhos entre consumo e produção e na valorização do potencial produtivo da agricultura familiar no [Polo Agroecológico da Zona da Mata](https://ctazm.org.br/noticias/agora-e-oficial-zona-da-mata-mineira-e-polo-agroecologico-e-de-producao-organica-610), somos uma das referências para quem busca consumir alimentos agroecológicos e orgânicos.“A Rede abriu caminho para que em Viçosa se possibilitasse o acesso a produtos agroecológicos, incentivando os agricultores a se firmarem nesta escolha e oportunizando que os produtos chegassem à mesa das pessoas. Tudo isso de forma solidária: construída em rede, com as famílias provedoras e com os consumidores”, palavras de Nina Abigail, agrônoma e uma das fundadoras da Rede .Inspirada na experiência de outras redes de consumo, nossa Rede foi sonhada por estudantes e professores integrantes dos grupos de agroecologia da UFV, com o apoio da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares ([ITCP-UFV](http://www.itcp.ufv.br/)), do Centro de Tecnologias Alternativas ([CTA-ZM](https://ctazm.org.br/)) e do MST da Zona da Mata (https://www.facebook.com/mst.zm.mg/). Desde nossa origem, nos orientamos pelos princípios da agroecologia, da economia solidária, do respeito ao ritmo, da gestão compartilhada e da transparência, impulsionando o repensar do ato de consumir engajando os sujeitos a \"pertencerem\", produzindo e consumindo em rede.De forma inédita na região, desde 2018 somos cadastrados no Ministério da Agricultura como Organização de Controle Social, garantindo a qualidade orgânica dos alimentos de cinco famílias agricultoras. Fazemos parte do Núcleo de Educação do Campo e Agroecologia ([ECOA- UFV] (https://www.facebook.com/ECOA.UFV/)) e somos um dos impulsionadores do processo de constituição de um Sistema Participativo de Garantia Orgânica na Zona da Mata, que permitirá a venda direta e indireta de alimentos com o selo de orgânicos. Oferecemos também alimentação saudável para eventos diversos e mantemos o abastecimento de pequenos empórios com alimentos sem agrotóxicos produzidos em nível local e nacional. Apoiamos, ainda, a realização de feiras livres em Viçosa e iniciativas de grupos de compras coletivas em outros municípios de Minas.Atualmente, realizamos entrega de cestas em domicílio, que são semanalmente escolhidas pelas prosumidoras e prosumidores, a partir da diversidade disponível de frutas, legumes, verduras, farinhas, grãos e processados. Existe um grupo de Whatsapp que reúne 240 prossumidores. Nesse grupo é compartilhado um google forms para os pedidos.. As entregas são realizadas na terça-feira. Os produtos vem de Viçosa, Coimbra, Araponga, Muriaé, Divino, Acaiaca, Espera Feliz, Sem-Peixe, Contagem e Juiz de Fora (além de Poços de Caldas no sul de Minas, São Paulo e Rio Grande do Sul).

Ano de publicação
2020
Última atualização
25/03/2021
Mapeamento
Experiências em Comida de Verdade
Abrangência
Regional: mais de 2 municípios/estados: Ouro Preto (MG), Divino (MG), Itabira (MG), Espera Feliz (MG), Coimbra (MG), Acaiaca (MG), Muriaé (MG), Sem-Peixe (MG)
Sites
Organização de referência
ECOA - Núcleo de educação do campo e agroecologia
Áreas Temáticas