Alimentos orgânicos delivery

VOLTAR


Em Santarém e regiãometropolitana conta se com 6 OCS’s (Organização de Controle Social),  com 27 famílias no total, são sócias daAssociação Orgânica do Tapajós. Normalmente os pontos de venda são: Feira de Orgânicosque ocorre no estacionamento do Escritório Local da EMATER/PA, Feira da AgriculturaFamiliar que ocorre na UFOPA e no Mercado Municipal de Santarém- Mercadão 2000.
Com o fechamento doespaço da EMATER e da UFOPA no período de Março a Agosto, devido a pandemia, estasfamílias perderam seus principais pontos de comercialização. Em maio e junho conseguiramcomercializar a produção para os outros projetos (Campanha Alimentando a Vida eProjeto da Fundação Banco do Brasil), entretanto ainda não se dava vazão a todaprodução. Neste contexto, a partir da conversa entre membros da comissão temáticada produção orgânica que também estavam articulando a compra de produtos nocontexto da Campanha Alimentando a Vida (uma extensionista da Emater, umadocente da Ufopa e produtoras orgânicas), foi sendo desenhada a ideia derealização de venda coletiva de produtos orgânicos por meio de aplicativo demensagem WhatsApp. Uma das produtoras orgânicas, a Sra Alciete, aceitou articularo recebimento dos pedidos devido a mesma contar com filhos habilidosos em redessociais, pois a mesma precisa estar na sua área de trabalho, produzindoalimentos. O apoio de seus filhos está sendo fundamental para que a venda dêcerto.
Semanalmente osprodutores enviam por WhatsApp  para aextensionista a lista com os produtos disponíveis e preço. A técnica organiza alista e envia de volta aos produtores que a circulam nas redes sociais. Aprodutora Alciete recebe os pedidos, anota e encaminha WhatsApp para os que temacesso a internet. No caso da família que não tem acesso a internet, a extensionistaliga diretamente, uma vez que na comunidade rural onde reside a produtoraorganizadora não funciona rede de telefonia, ficando a comunicação estárestrita a internet.
A venda coletivainiciou com a comercialização da produção de 3 famílias, em média com 40pedidos por semana. Com o passar do tempo novas famílias aceitaram participarda venda, chegou a entrega semanal com produção de 8 famílias durante o períodoem que a feira esteve fechada. Nas quartas- feiras todos trazem os produtospara a Feira de Orgânicos e um moto táxi da confiança do grupo faz as entregasem domicílio.
A venda coletiva continua,entretanto com menos produtos, pois a feira no estacionamento da EMATER/PAvoltou em agosto, tomando todos os protocolos de biossegurança. Entretanto,como muitos pessoas preferem não se expor, devido ser público de risco, a vendavirtual e entrega em domicílio continua  em media com produção de 4 (quatro) famílias, sendouma oportunidade para comercialização da produção orgânica.