CANTEIRO DE ERVAS MEDICINAIS EM ESPIRAL COMO METODOLOGIA DE INCENTIVO À PERMACULTURA E SUSTENTABILIDADE DA ATIVIDADE RURAL AGROECOLÓGICA

VOLTAR

Pequenos agricultores, especialmente os assentados, apresentam pouca qualificação e baixa renda devido a característica de agricultura de subsistência. Tais fatores têm conduzido à práticas agrícolas que contribuem para a degradação dos recursos naturais. Dessa forma, o presente trabalho objetivou incentivar a utilização de canteiro em espiral para produção orgânica de plantas medicinais. As atividades estão sendo realizadas junto aos agricultores do Assentamento Rural Rosa Luxemburgo de Congonhinhas-PR. Foram priorizados materiais reciclados, de baixo custo e de baixa toxicidade para o meio ambiente. O cultivo orgânico de plantas medicinais pode representar alternativa de renda para a agricultura familiar devido ao baixo custo de produção, rendimento por área relativamente elevado e pela possibilidade de oportunizar trabalho planejado e distribuído ao longo do ano. Além disso, também contribui para a conservação do meio ambiente pela utilização de um agrossistema sustentável.

Anexos