Feira do Produtor Rural \\\"Venda On Line\\\"

VOLTAR


Os  produtores rurais da feira  do produtor rural apoiada  pelo Sindicato Rural/SENAR Faesp e Prefeitura municipal de Brotas, quando do fechamento da feira e de alguns comércios locais em função da pandemia por conta do Coronavirus/Covid-19, ficaram numa situação difícil. Como escoar a produção de mais de  40 variedades entre  frutas, verduras e hortaliças e produtos processados? Os produtores durante o período de funcionamento da feira já vinham formando um cadastro de clientes onde enviavam noticias, propagandas, receitas etc. via app WhatsApp. Assim pensaram na possibilidade de fazer vendas online, tanto os produtores como os clientes gostaram da  ideia. Com  o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e o Sindicato Rural organizaram as ideias e iniciaram as  vendas através da nova modalidade de venda na  semana seguinte à paralisação da feira. 


Um  dos produtores assumiu  a coordenação do grupo  no aplicativo e  denominaram de **“**** Vendas  On line ****”**. Enviam  a lista de produtos aos clientes na quarta pela manhã e recebem os  pedidos até a quinta-feira as 19:00 horas. Na sexta-feira ocorrem as entregas na feira  do produtor rural que ocorre na praça da Matriz da cidade das 16:00 às 18:00.  Recomendações de higiene e distanciamento social estão sendo seguidas evitando aglomerações. Deu  certo. Na  primeira semana eram 3 famílias de produtores com 12 pedidos num universo de 70  clientes cadastrados. Posteriormente  produtores da APAGIB, Associação dos produtores agroindustriais de  Brotas e outros produtores rurais do município aderiram ao projeto. Hoje, cinco  meses depois, são 6  famílias de produtores, com  média de 50 pedidos por semana num universo de quase 180  clientes. 


A  nova modalidade trouxe outras vantagens: o não-desperdício (não há  as sobras comuns nas feiras, uma vez que eles entregam o que foi  pedido e trazem um pouco a mais de produtos); mais pessoas estão sabendo da existência do produtor local de alimentos; maior praticidade para  o cliente, que  fica sabendo de antemão a  oferta de produtos e assim pode se programar melhor na administração  familiar; a  valorização do produto fresco de qualidade.


Em  tempos de pandemia e com a continuidade das restrições de  isolamento e distanciamento social e com as vendas online em alta, os  produtores vão continuar atendendo seus clientes desta maneira. Este  é um exemplo de como se reinventar em meio à crise. “É  característico do produtor rural, “Não desanimar! Ser criativo. Assim, com o envolvimento de todos vão surgindo soluções, vamos melhorando nossa qualidade de vida, nossa alimentação”, disse Luiz Fernando.