Doações de alimento da Rede Agroecológica de Mulheres Agricultoras da Barra do Turvo (RAMA) através da Rede de Grupos de Consumo Responsável de São Paulo e coletivos parceiros

VOLTAR


A Rede Agroecológica de Mulheres Agricultoras (RAMA) e a Rede de Grupos de Consumo Responsável de São Paulo tem estabelecido uma relação de comercialização solidária há 4 anos. Os grupos de consumo sempre tiveram um preocupação com o preço justo a possibilidade de que as pessoas mais vulneráveis pudessem ter acesso ao alimento agroecológico, mas a pandemia dCovid-19 trouxe a necessidade de facilitar ainda mais este acesso, com campanhas de solidariedade. As doações foram feitas para diversos municípios, principalmente na região metropolitana de São Paulo, através de articulações feitas pelos grupos de consumo com as comunidades beneficiadas. Os maiores desafios encontrados foram: a impossibilidade de fazer feiras e a necessidade de envolver poucos ativistas nos trabalhos (em respeito às recomendações sanitárias visando não gerar aglomerações); fazer planejamento logístico e contar com carretos voluntários para o alimento chegar ás comunidades, ter que fazer todas as reuniões online; conseguir formas de arrecadar recurso para comprar os alimentos, mantendo uma remuneração justa para as agricultoras; além de dar conta de seguir com as doações mesmo com o prolongamento da pandemia e da crise econômica. Algumas estratégias de superação são: alternar as formas de levantar recursos; baratear ao máximo possível o preço dos alimentos para que as pessoas em situação de vulnerabilidade possam também os comprar, não só receber doações; além de fortalecer a agricultura urbana e as cozinhas comunitárias.