Ciclo de Encontros: INOVAÇÃO SOCIAL EM TERRITÓRIOS SAUDÁVEIS E SUSTENTÁVEIS NO CONTEXTO PANDÊMICO E PÓS PANDÊMICO

VOLTAR


Trata-se de um processo de formação-ação no contexto de enfrentamento daCovid-19 com ênfase nas populações do Campo, desenvolvido em parceria com o Programa de Apoio à Inovação Social e ao DesenvolvimentoTerritorial Sustentável – Programa InovaSocial. Esse Programa tem como objetivoa promoção da inserção social de agricultores familiares, mediante ofortalecimento de Sistemas Agroalimentares Localizados (SIAL) por meio deintervenções orientadas pelos princípios da inovação social. A motivação para aorganização desse Ciclo deEncontros: Inovação Social em Territórios Saudáveis e Sustentáveis no ContextoPandêmico e Pós-Pandêmico baseou-se na necessidade de fomentar um espaçode diálogo e escuta quanto aos desafios evidenciados e a necessária construçãocoletiva de estratégias de enfrentamento do contexto pandêmico especialmente nocampo da segurança alimentar e nutricional pelas redes sociotécnicas do Programa InovaSocial.Considerando o escopo de abrangência desse programa a experiência envolveu maisde 100 sujeitos entre técnicas e técnicos das estratégias territoriais ecoordenação dele, além de representantes da associação de agricultores/asenvolvidos, agentes comunitários de saúde e combate a endemias para uma açãoarticulada em campo considerando-se a necessária perenidade dos SIAL e dapromoção da saúde diante do contexto pandêmico e pós pandêmico. O processodeu-se a partir de um Ciclo de Quatro Encontros virtuais, com formaçãode grupos de trabalhos, que de um encontro ao outro produziam reflexãocontextualizada sobre os temas geradores. A estratégia organizativa de cadaencontro compreendeu 3 momentos: 1) síntese do encontro anterior e apresentaçãodos trabalhos dos grupos; 2) abordagem de um novo tema, a partir docompartilhamento e da análise de experiências inovadoras e instigantes a elerelacionadas; e, 3) debate em plenária e debate em grupo sobre o novo tema. Noprimeiro encontro abordou-se estratégias de enfrentamento da pandemia, adotadaspor cada um dos territórios à luz dos desdobramentos da crise sanitária e dacorrelação entre os seus efeitos diretos e indiretos, bem como das reflexõessobre a organização e possíveis saídas comunitárias para a crise. O segundoencontro tratou da segurança alimentar e nutricional e da circulação deprodutos, oferecendo especial atenção à promoção e à vigilância popular emsaúde em tempos de pandemia. O terceiro promoveu o intercâmbio de experiênciasde resistência à pandemia e o estabelecimento de protocolos com base naconstrução de barreiras sanitárias múltiplas. O quarto e último, abordou aspercepções dos participantes quanto às estratégias identificadas, perspectivase caminhos futuros a serem adotados na promoção da saúde e perspectiva de umaepidemiologia situada e contextualizada articulada a pedagogia do cuidado. Oprocesso formativo abriu oportunidades para uma atuação conjunta e um alinhamentode ações institucionais, entre Embrapa e Fiocruz; e, especificamente, entre ostécnicos dos projetos do Programa InovaSocial e os Agentes Comunitários deSaúde (ACSs), resultando na produção de ações em conexões intersetoriais entrea saúde e a segurança alimentar no contexto de enfrentamento de crises agravadopela pandemia.

Anexos

Estratégias de Comunicação e Anexos

Que tipo(s) de ferramenta(s) utiliza para divulgar a experiência e se comunicar com os envolvidos?
  • Facebook/Messenger
  • E-mail
  • Whatsapp/Telegram
  • Site

Arquivo e/ou link relacionado às produções/práticas da experiência

Tipo de anexo
Documento (PDF, Word, Excel, etc)

Sujeitos

Você considera que a experiência tem uma atuação em Rede?
Sim
¿Con qué grupos se construye esta experiencia?
  • Agricultoras/es familiares/camponeses
  • Agricultoras/es urbanas/os
  • Educadoras/es
  • Gestoras/es públicos
  • Movimentos sociais
  • Organização não governamental (ONG)
  • Profissionais de saúde
  • Sindicato
  • Extensionistas rurais/ técnicas/os
Sexo: indique los grupos que participan en esta experiencia
  • Feminino
  • Masculino
Faixa etária - indique o(s) grupo(s) que participa(m) dessa experiência
  • De 15 a 29 anos
  • De 30 a 60 anos
  • Acima de 60 anos

Localização e abrangência espacial

Esta experiência está sendo cadastrada pelo celular (via aplicativo ODK Collect)?
Não
Qual é a abrangência territorial das ações desenvolvidas na experiência?
Nacional (mais de 4 estados)

Práticas em saúde e agroecologia

Águas e saneamento
Outra
Práticas Agroalimentares (produção/beneficiamento/consumo)
Outra
Prácticas Integradas y complementarias en Salud
Outra
Práticas Populares e Tradicionais de Cuidado em Saúde ou Saúde Popular
Outra
Otras prácticas no especificadas en las opciones anteriores
Produção de barreiras sanitárias múltiplas articulado ao caminho das águas, das pessoas e dos alimentos, especialmente; no contexto de enfrentamento da pandemia e pós pandemia COVID-19 e a Pedagogia do Cuidado
Esta práctica es considerada una tecnología social por los protagonistas de la experiência?
Sim
O que estimula a adoção dessa(s) prática(s)?
  • Ancestralidade/trajetória de vida/memória afetiva
  • Intercâmbio/vivência
  • Participação em redes de aprendizados e conhecimentos
  • Rodas de conversa e oficinas
Qual outra?
Trata-se de um processo de formação para ação em que diversas experiências no campo de águas e saneamento foram apresentadas e intercambiadas entre os sujeitos participantes
Qual outra?
Trata-se de um processo de formação para ação em que diversas experiências no campo das práticas alimentares foram apresentadas e intercambiadas entre os sujeitos participantes
Qual outra?
Trata-se de um processo de formação para ação em que diversas experiências no campo das PICS foram apresentadas e intercambiadas entre os sujeitos participantes
Qual outra?
Trata-se de um processo de formação para ação onde diversas experiências no campo das práticas populares e tradicionais foram apresentadas e intercambiadas entre os sujeitos participantes

Redes em saúde e agroecologia

De que forma sua organização poderia colaborar na criação e/ou fortalecimento dessas redes?

Intercambiando a experiência e promovendo ações de Vigilância em Saúde de base Territorial Integrada e Participativa para redução da vulnerabilidade socioambiental relacionada aos determinantes do contexto de insegurança alimentar, a partir de três eixos em conexão e articulação: 1) formação para ação; 2) comunicação e informação para ação; 3) governança territorial participativa e em rede.

Políticas públicas

Caso a experiência tenha acessado uma ou mais políticas públicas brasileiras, indique
Outra
Qual outra?
A experiência não acessa diretamente mas discute coletivamente a situação de implementação das políticas públicas afetas as temáticas discutidas

Identificação do tipo experiência

Esta experiência é/foi realizada no Brasil?
Sim
Selecione o tipo de experiência
Ensino-pesquisa-extensão
Se envolve ensino, indique qual(is) o(s) tipo(s) de curso(s)
Curso livre (sem titulação)
Si se trata de enseñanza, indique el número total de vacantes disponibles (por curso/clase)
150
Se envolve ensino, indique o número total de egressos (pessoas que concluíram o curso/turma)
70
Se envolve pesquisa, indique a área principal da pesquisa
Outra
Qual outra?
Trata-se de construção de conhecimento coletivo (articulando saberes e práticas) no campo da promoção da saúde, articula o caminho das águas, alimentos e pessoas na reflexão de estratégias para o enfrentamento da pandemia de forma situada e contextualizada"
Si se trata de transferencia tecnológica, el grupo se encuentra formalizado en una institución universitaria?
Sim