AÇÃO EMERGENCIAL DE COMBATE À COVID-19

VOLTAR


O CEAGRO recebeu da FundaçãoBanco do Brasil recursos para compra e distribuição de 4 mil cestas básicas,com o objetivo de atender 2 mil famílias em situação de vulnerabilidade socialnas cidades da região. Foram duas entregas por família, realizadas em duas etapasem um intervalo de 30 dias, com um investimento total de 400 mil reais e 80toneladas de alimentos. O Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB atuou emparceria organizando a compra de alimentos na sua base e a distribuição em doismunicípios. Além do público urbano, também receberam cestas famílias da TerraIndígena Rio das Cobras, em Nova Laranjeiras.
A seleção do CEAGRO para estaação decorre da realização do Projeto Redes Ecoforte em parceria com a FBB,entre 2015 e 2017. O projeto ajudou a consolidar a a Rede Regional deAgroecologia e Economia Solidária da Cantuquiriguaçu, composta por famílias,associações e cooperativas dos assentamentos, acampamentos e pequenosagricultores de 10 municípios na região centro sul do Paraná.
Paraa concretização da ação, acionamos as organizações parceiras que compõem a Redede Agroecologia e constituímos um comitê gestor na cidade de Laranjeiras do Sul,onde também montamos o Centro Regional de Preparação e Distribuição das cestas.A Universidade Federal da Fronteira Sul através do Núcleo de Estudos Avançadosem Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional Karu Porã (NEA-SSAN Karu Porã)desempenhou um importante papel especialmente na articulação com as organizaçõessociais dos municípios e na mobilização de voluntários e voluntárias durantetodo o processo. Em cada município contemplado com as cestas, organizamos umaequipe com representantes dos produtores, assistência social e liderançascomunitárias, com o objetivo de planejar, executar e monitorar as ações locais
Osalimentos que compuseram as cestas foram totalmente adquiridos da agriculturafamiliar, na sua maioria de assentamentos: cooperativas, associações,empreendimentos informais e diretamente de agricultores. Cerca de 90% eramagroecológicos, muitos deles com certificação de produção orgânica.
Alémde contribuir com as famílias produtoras através da compra dos seus alimentos especialmentenesse momento de crise econômica e, sobretudo, com as famílias em situação devulnerabilidade, a ação também reforçou a importância da intercooperação, tantointernamente na Rede já consolidada quanto no estabelecimento de novoscontatos. Sem um trabalho articulado e apoiado por diversos parceiros regionaise locais, esta ação não seria possível. Foi a maior atividade em volume deprodução e dimensão territorial em um curtíssimo espaço de tempo já executadopor aqui. Esta articulação ajudou a superar um dos principais desafios, alogística.
Ano de publicação
2020
Última atualização
11/11/2020
Mapeamento
Experiências em Comida de Verdade
Abrangência
Regional: mais de 2 municípios/estados: Diamante do Sul (PR), Quedas do Iguaçu (PR), Chopinzinho (PR), Palmital (PR), Nova Laranjeiras (PR), Laranjal (PR), Francisco Beltrão (PR), Candói (PR), Laranjeiras do Sul (PR), Rio Bonito do Iguaçu (PR)
Organização de referência
Centro de Desenvolvimento Sustentável e Capacitação em Agroecologia
Áreas Temáticas

Consultar

Consultar