Análise da transição agroecológica a partir da experiência da horta orgânica comunitária do assentamento Mandacaru, Petrolina-PE, semiárido brasileiro

VOLTAR

Este trabalho pretende discutir e analisar o processo de transição agroecológica a partir da sistematização da experiência da Horta Orgânica Comunitária do Assentamento Mandacaru, Petrolina-PE. A metodologia desta pesquisa-ação se apresentou em quatro etapas: Aproximação Sucessiva com as famílias da horta e demais famílias do assentamento, além da integração de estudantes e outros grupos de agricultores nas ações de extensão e pesquisa do Núcleo de Pesquisa e Estudos Sertão Agroecológico; Planejamento e Desenvolvimento de Ações; Consulta aos Registros das ações desenvolvidas; Sistematização, Triangulação e Análise dos dados. O êxito no processo de transição agroecológica exige iniciativa das famílias, articulação entre grupos e instituições com as iniciativas da sociedade civil e do poder público de modo que as ações possam influenciar nos processos socioprodutivos e desenvolvimento sustentável das famílias além de integrarem com demais ações de transição agroecológica em curso no âmbito das comunidades e organizações locais, regionais e globais.

Anexos

Ano de publicação
2016
Última atualização
05/12/2020
Mapeamento
Antigo agroecologia em rede
Organização de referência
Núcleo de Pesquisa e Estudos Sertão Agroecológico
Organizações envolvidas
Área Temática