Produção de melancia sob base ecológica: Agricultura familiar inovando para a sustentabilidade e autonomia

Diante da crise socioambiental por que passa a agricultura de corte e queima no Território dos Carnaubais, norte do estado do Piauí, agricultores familiares buscam a reestruturação produtiva desta agricultura através da intensificação do uso da terra. Diante disso, camponeses inovaram e introduziram como alternativa de renda o cultivo da melancia sob produção com base ecológica, integrado com atividades extrativista e de produção animal. O sistema inovador é apoiado no uso de cobertura do solo com a bagana da carnauba (resído da palha após extração do pó cerumen)e de esterco de caprinos/ouvinos, em um processo de rotação com culturas alimentares (milho, feijão-caupi, mandioca, etc.). A valorização do sistema pelos agricultores passa fundamentalmente pelos benefícios de fertilização, redução do mato e pelos impactos positivos na economea hídrica dos solos, fatores que favorecem fundamentalmente la confiança, a estabilidade, a resiliência e a produtividade do sistema. Constituiram uma assoaciação para dé suporte aos anseios coletivos da categoria. Estas inovações propiciaram ganhos nos elementos constitutivos da sustentabilidade do sistema, fazendo possível o uso sustentável da terra pelas melhoras físicas, químicas e biológicas do solo, assegurando o aumento da renda, a capacidadade de investimentos, a manutenção do trabalho familiar e a estruturação da unidade de produção, aportando luz sobre a consideração do conhecimento local como fator central nas políticas de promoção da sustentabilidade dos sistemas familiares e como base para o processo da transição agroecológica

Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.