Armazenamento de forragem

Sizenando Batista (Nane) e dona Socorro criam gado e cultivam plantas forrageiras em uma área de 15 hectares. Armazenam sorgo, guandu, milho e capim elefante em silos buraco, sincho e tambor , além de aproveitarem a palha do feijão e manivas. Ensilam o capim elefante para alimentar os animais nas épocas de seca e também porque a rebrota possibilita o maior aproveitamento da planta. A família produz grande quantidade de ração que, às vezes, é necessário reduzir a produção para que toda ela possa ser armazenada. Possui áreas de capineiras, campos de palmas, forrageiras em meio às pastagens. Uma área que foi degradada está sendo replantada com espécies como pau d'arco, sabiá, aroeira, vassourinha entre outras.

Experiência
Armazenamento de forragem
Chamada
Uso de silos buraco, sincho e tambor no armazenamento de forragens.
Ano de publicação
2000
Última atualização
04/11/2019
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.