Armazenando água e produzindo alimento sagrado: a experiência de seu Francisco de Assis

Francisco de Assis de Moura é agricultor e mora na comunidade de Pau Ferro, em Esperança-PB. Na comunidade sempre houve problemas com acesso a água, e para isso foi construída uma cisterna com capacidade para oito mil litros de água. Também havia na propriedade uma pequena cacimba, mas que a cada seca foi sendo ampliada e acabou se tornando uma lagoa comunitária. Sua água serve para cozinhar, tomar banho, lavar roupa e dar de beber aos animais. Após visitas de intercâmbio, seu Francisco começou a produzir verduras orgânicas e comercializá-las na feira agroecológica do município. Para ampliar a produção, construiu mais um barreiro e mais um tanque de pedra. O agricultor utiliza uma bomba elétrica para irrigação, jogando a água da lagoa no tanque de pedra ou para o barreiro. E do tanque de pedra a água vai por gravidade até os canteiros de horta. Seu Assis é um agricultor que está sempre inovando. E depois de conhecer a mandala numa visita de intercâmbio, resolveu experimentar em sua propriedade utilizando-se do fundo rotativo solidário de sua comunidade. Pretende produzir peixes e verduras (a água para o peixe será sempre renovada, e servirá ainda para a horta). Francisco poderá diversificar a produção com os cultivos de tomate, pimentão, maxixe, cenoura, beterraba, jiló, rabanete, couve, coentro, cebolinha e salsa. A água da lagoa irá alimentar a mandala e, segundo ele, o sistema de irrigação irá economizar água e aumentar a produção. O que produz comercializa na Feira Agroecológica chega a render até R$60,00 por semana. O agricultor também reservou um pedaço do terreno para cultivar flores, como cravo e dália. Assim vai garantindo saúde e renda para sua família, e contribui para o desenvolvimento de sua comunidade.

Experiência
Armazenando água e produzindo alimento sagrado: a experiência de seu Francisco de Assis
Chamada
Manejo de recursos hídricos no agreste da Paraíba
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relatoras/es
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.