Armazenamento de forragem

Euro Barbosa conheceu o cultivo consorciado da palma em 1999, quando começou a participar de reuniões e visitas de intercâmbios. Através de um fundo rotativo, cultiva numa área de meio hectare palma consorciada com gliricídia, leucena e guandu. Explica que entre as linhas de palma foi plantado capim-gramão e que a cada duas linhas existe uma formada por um dos cultivos do consórcio. Cultiva também feijão entre as plantas de palma. Nessa área são conservadas espécies nativas como o juazeiro, o umbu, a catingueira e o cardeiro. Além disso, planta o cardeiro no entorno da cerca. Para combater o mofo da palma, Euro utiliza calda de cal, obtendo sempre plantas sadias. Conta que com o lucro desse trabalho ele consegue alimentar todos os animais que cria e, ainda, produzir alimento para a família plantando feijão entre as palmas.

Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.