Qualidade de vida na Mata Sul

Domingos Martiniano é morador do engenho Conceição, em Sirinhaém, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Na propriedade de 40,8 hectares cerca de 55% da área é de reserva de Mata Atlântica, e o restante é cultivado com cana-de-açúcar, fruteiras, culturas de ciclo curto e agrofloresta. Esse sistema agroflorestal foi implantado em 1999, com culturas para recuperação do solo (feijão guandu, sombreiro, capim elefante, feijão de porco, leucena, crotes, papoula, árvores nativas e etc.), além de banana, feijão, coco, mamão, macaxeira, abacaxi e outros. A família do agricultor beneficia os produtos agroflorestais, transformando-os em polpa de frutas, doces, bolos, pão, licor e passas. Inicialmente a comercialização era realizada no Espaço Agroecológico de Boa Viagem, mas a dificuldade com transporte fez com que fosse fundada a Feira dos Agricultores Agroecológicos do Município de Sirinhaém/PE, em 2001. A alimentação da família de seu Domingos agora é mais saudável e diversificada. Ainda conta que aumentou também a qualidade de vida e a renda da família é garantida.

Experiência
Qualidade de vida na Mata Sul
Chamada
Beneficiamento de produtos agroflorestais em Pernambuco
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.