Produção de saberes para a sustentabilidade

João Macena e dona Severina são agricultores na comunidade de Santo Antônio II, em Afogados da Ingazeira-PE. João diz que as plantas são de grande importância quando utilizadas como adubo natural e cobertura morta, além de servirem de quebra-vento e sombra para os animais. Já dona Severina se orgulha de nunca ter usado veneno nem adubos químicos, e sempre faz remédios de plantas medicinais. Desde que passaram a participar do grupo de pesquisa, o casal não parou de inventar soluções para melhorar o manejo da propriedade. Construíram o curral ao lado do minhocário, facilitando o transporte de esterco e adubo a para horta. Experiência que faz com que as verduras estejam sempre vistosas e grandes, fazendo muito sucesso na Feira Agroecológica de Afogados da Ingazeira. Os agricultores guardam sementes de milho e feijão em garrafas ou silos (cada 60 kg de sementes enchem 36 garrafas de dois litros). Na propriedade existe ainda um consórcio de laranjeira com gliricídia, criação de abelhas e árvores nativas (jurema, marmeleiro, mororó, aroeira, angico, mandacaru e etc.).

Experiência
Produção de saberes para a sustentabilidade
Chamada
Sustentabilidade com produção agroecológica
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários