Construindo um futuro com mais dignidade

Erivam José dos Santos é filho de agricultores, e sempre se mostrou preocupado com as conseqüências da agricultura convencional. Em 2003, acompanhou seu pai a uma visita de intercâmbio no sítio do agricultor vizinho chamado Paciência. Logo começou a implantar um sistema agroflorestal na propriedade onde mora, no assentamento Águas Claras, em Ribeirão-PE. Com a ajuda de Paciência, iniciou a agrofloresta plantando capim elefante, feijão de porco, guandu, ingá, banana, pitanga, milho, graviola, leucena, sombreiro e sabiá. Dois dos cinco hectares de sua parcela são de agrofloresta, e o agricultor sempre divulga sua experiência para o maior número possível de pessoas. A família, que antes não compreendia o esforço de Erivam, agora o apóia, percebendo o quanto à propriedade está mais arborizada e produzindo mais. Segundo Erivan, a população não dá valor a agricultura porque não a conhece. Quando falam da agricultura logo pensam que é sinônimo de pobreza. É importante que alguém divulgue uma agricultura que cuida do meio ambiente. Esse é o objetivo que tenho, completa Erivan, conscientizar a população de que cada pessoa tem que fazer sua parte.

Experiência
Construindo um futuro com mais dignidade
Chamada
Substituição de agricultura convencional por agrofloresta
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.