Um quintal bem produtivo

O casal Maria do Socorro dos Santos e José Pompeu dos Santos mora com as duas filhas na comunidade de Alagoinhas, em Triunfo-PE. A propriedade da família é dividida em duas, sendo que uma das metades fica longe da casa onde moram. Então a prioridade foi diversificar a produção no quintal próximo a casa, onde cultivam alimentos, plantas medicinais e ornamentais. E não deixa nenhum espaço descoberto, conta Maria. Na roça distante, a família planta caju, manga, goiaba, abóbora, inhame e maxixe, entre outros. A família conta que não precisa gastar muito com a feira, já que trocam produtos com vizinhos, quase sempre conseguindo o que está faltando. Além dos produtos, as famílias da comunidade trocam conhecimento. Aprendem muito com o casal, pois sabem do cuidado que eles têm com a alimentação, saúde e o meio ambiente (não fazem queimadas nem utilizam produtos químicos). As plantas medicinais são usadas para fazer chá e cozimentos, como mastruz, tansagem, alecrim, erva cidreira e flor de sabugueiro. As frutas são beneficiadas para se fazer suco, doces e picolés (que é comercializado na comunidade).

Experiência
Um quintal bem produtivo
Chamada
Produção de alimentos e remédios em quintal
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
    José Pompeu dos Santos
    Maria do Socorro dos Santos
    Centro Sabiá
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.