Agricultura agroflorestal é uma produção sustentável

Rafael Justino Braz é agricultor e mora com a família na comunidade do Feijão I, em Bom Jardim, agreste pernambucano. Na propriedade, localizada numa região de brejo, é desenvolvida agricultura familiar agroflorestal desde 1997. Num primeiro momento Rafael não se entusiasmou muito com a agrofloresta, pois lhe parecia muito difícil. Mas depois a família viu que o sistema agroflorestal estava melhorando a produção, aumentando a disponibilidade de alimentos e preservando o solo e o meio ambiente. O excedente da produção é comercializado no Espaço Agroecológico de Recife, gerando renda para a família. O trabalho com agrofloresta mudou não só a forma de produzir e o hábito alimentar de Rafael, mas também agora ele é um adepto do trabalho organizado e associativo, tanto que em 1999 ajudou a fundar a Agroflor (Associação de Agricultores e Agricultoras Agroecológicos de Bom Jardim). Nos dez hectares da propriedade são encontradas mais de 250 espécies de vegetais, sendo que 80% estão na agrofloresta. A família consegue uma renda de cerca de quatro salários mínimos comercializando quinze produtos, incluindo o mel de abelhas. Rafael recebe em sua propriedade visitas de agricultores, estudantes e técnicos interessados em conhecer a bem-sucedida experiência de agrofloresta desenvolvida pela família.

Experiência
Agricultura agroflorestal é uma produção sustentável
Chamada
Implantação de um sistema agroflorestal
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.