Banco de sementes e segurança alimentar – uma proposta da agricultura familiar dinamizando a convivência com o semi-árido

Desde 1994 a comunidade de Riacho Verde, em Teixeira, na Paraíba, desenvolve experiência com Banco de Sementes Comunitário. O banco serve como uma importante reserva de sementes na hora certa do plantio, principalmente em períodos de adversidades climáticas, além de ser um espaço para debate e construção coletiva de propostas para a convivência com o semi-árido. A partir de 2001, foi incorporada ao banco a idéia de ser um instrumento da garantia da segurança alimentar dos moradores da comunidade, através de empréstimos de grãos para servir de alimentos para as famílias nos momentos de mais necessidade. Essa experiência tem proporcionado mais autonomia, fortalecendo assim a organização comunitária e familiar. A comunidade conta com 17 silos com capacidade total de armazenarem 6640 quilos. Das 56 famílias da comunidade, 29 são associadas ao banco, que armazena milho, feijão macassa e feijão carioca. Para os sócios, tanto as sementes como os grãos para alimento são emprestados a uma porcentagem de 30%. E para aqueles que não são sócios, o empréstimo é realizado a 60%.

Experiência
Banco de sementes e segurança alimentar – uma proposta da agricultura familiar dinamizando a convivência com o semi-árido
Chamada
Banco de sementes e segurança alimentar
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relatoras/es
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.