A experiência da Pastoral da Criança da paróquia de Santa Sofia no incentivo ao plantio em quintais

Há mais de dez anos a Pastoral da Criança desenvolve um trabalho na Paróquia de Santa Sofia, em Cosmos (Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro), no desenvolvimento integral das crianças e de suas famílias. Em 2004, a Pastoral iniciou um trabalho de plantio de hortas, de plantas medicinais e de valorização dos quintais domésticos. As duas agentes de Cosmos, Dayse e Luzia, participaram das primeiras reuniões sobre agricultura urbana e logo perceberam que o plantio poderia melhorar a qualidade de vida e a segurança alimentar das pessoas. Para estimular as famílias de suas comunidades, foi marcada uma reunião para exibição de vídeo sobre agricultura em quintais, e posteriormente foram marcados vários encontros relativos ao tema. Foi realizada uma vista de intercâmbio à horta comunitária da Praia da Brisa, outra iniciativa de agentes da pastoral, onde aprenderam muitas experiências que depois foram repassadas às famílias em Cosmos. Estimuladas, algumas pessoas começaram a limpar seus quintais e foram aos terrenos baldios juntar estrume, para iniciar o plantio em suas casas. As sementes da horta foram compradas ou arrumadas no banco de Sementes Comunitário, e nas reuniões mensais as pessoas trocam conhecimentos sobre plantas medicinais. A família de Nilza é uma testemunha do trabalho da Pastoral na Paróquia Santa Sofia, pois já colhe couve, tomate, bertalha, salsa e cebolinha, além de zelar agora com mais cuidado das plantas que já existiam no quintal (acerola, boldo, romã, saião, erva santa-Maria, mamão, manjericão e alcachofra). Com a horta a família passou a comer melhor e economizar dinheiro, demonstrando as vantagens da agricultura em quintais.

Experiência
A experiência da Pastoral da Criança da paróquia de Santa Sofia no incentivo ao plantio em quintais
Chamada
Agricultura urbana na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.