O prazer de comer alimentos sempre frescos: a experiência de Dona Mercedes

Dona Mercedes mora na Praia da Brisa, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Logo quando se mudou, em 1975, deu início ao plantio de uma horta em seu quintal. Porém precisou melhorar a qualidade da terra, que era arenosa, comprou terra preta, usou húmus de minhoca e fez composto. Dona Mercedes possui um galinheiro por onde fornece ovos para a família e amigos. Ela e seu ajudante Baiano juntam palha com a sujeira do galinheiro, mais folhas secas, casca de legumes e de frutas e esterco de vaca para fazer o composto. Para adubar a terra, eles enchem metade de um galão com esterco de galinha e o resto com água, esperam quinze dias e colocam um pouco do material na cova onde haverá o plantio. No quintal de Dona Mercedes existem mais de trinta variedades de frutas, hortaliças e plantas medicinais, além das ornamentais. Dona Mercedes ensina que se deve mudar a qualidade de planta de lugar, e ainda se preocupa em fazer suas próprias sementes. Ela produz quase tudo que consome e ainda distribui para os vizinhos. Com a ajuda de Baiano faz molho de tomate, doces e conservas para não perder os frutos do quintal.

Experiência
O prazer de comer alimentos sempre frescos: a experiência de Dona Mercedes
Chamada
Manejo do solo e produção de alimentos em quintais
Ano de publicação
2005
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.