Avaliação da Formação em Metodologias Participativas e Extensão Rural Agroecológica no Agreste Pernambucano

A construção do conhecimento por meio de Metodologias Participativa visando troca de conhecimento horizontal com a comunidade rural e respeito da sua realidade local é muito importante para o desenvolvimento da Agroecologia no Brasil e no mundo. Sabendo disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a formação em Metodologias Participativas e Extensão Rural Agroecológica facilitada pelo Núcleo de Pesquisa e Estudos em Agroecologia Sertão Agroecológico – NUPESA. O processo foi conduzido junto ao Programa Despertando Vocações para as Ciências Agrárias -PDVagro- do IFPE, campus Vitoria localizada na cidade de Vitoria de Santo Antão no Agreste de Pernambuco. Durante o curso, foram discutidos temas relacionados aos fundamentos e princípios da extensão rural, participação, agroecologia e conhecimento local. As intervenções foram simuladas de forma prática, utilizando-se de algumas ferramentas participativas usadas em Diagnósticos Rurais Participativos – DRP, como: Diagrama de Venn, Rotina Diária, Eleições de Prioridades e Mapeamento. A Formação, então, foi de suma importância para os estudantes e professores do PDVagro como forma de construir conhecimentos metodológicos e práticos que ajudem novos agentes a desenvolverem junto a agricultores/as formas de potencializar a sua comunidade, seus agroecossistemas e efetivar a autonomia dos mesmos em relação aos agentes.

Experiência
Avaliação da Formação em Metodologias Participativas e Extensão Rural Agroecológica no Agreste Pernambucano
Ano de publicação
2016
Última atualização
28/05/2018
Autor/a
Relator/a
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.