EDUCAÇÃO CONTEXTUALIZADO COM O SEMIÁRIDO POR MEIO DE METODOLOGIAS PARTICIPATIVAS NO CONTEXTO DO PROJETO CISTERNAS NAS ESCOLAS

Existem inúmeras contribuições de propostas educativas por meio de práticas pedagógicas participativas que se dão paralelamente a formação escolar, considerando as dimensões históricas, políticas e socioculturais do conhecimento. O projeto Cisternas nas Escolas tem contribuído com o direito à educação no semiárido brasileiro através da implementação de tecnologias sociais, integrada com a formação dos profissionais em educação das escolas participantes. Sabendo disso, esse estudo teve como objetivo analisar a prática pedagógica durante as oficinas de convivência como semiárido junto a comunidade escolar envolvida no projeto Cisternas nas Escolas no território do Sertão do São Francisco, semiárido baiano. Metodologia optou-se pela pesquisa participante de caráter qualitativo através de observações diretas, relatorias, diálogos, entrevistas semi-estruturadas e uma revisão de literatura com posterior triangulação dos dados. Constatou-se que todo processo formativo foi conduzido por meio de ferramentas participativas com um olhar voltado à educação contextualizada, assim como as discussões ancoradas no contexto da realidade local semiárida. Pôde-se observar a participação de toda a comunidade escolar e das associações comunitárias nas atividades propostas. Ficou evidenciado também a percepção dos educadores em relação a cisterna como mais um instrumento pedagógico. Dessa forma, sugere-se a valorização da educação contextualizada nos diferentes espaços de formação.

Experiência
EDUCAÇÃO CONTEXTUALIZADO COM O SEMIÁRIDO POR MEIO DE METODOLOGIAS PARTICIPATIVAS NO CONTEXTO DO PROJETO CISTERNAS NAS ESCOLAS
Ano de publicação
2016
Última atualização
28/05/2018
Autor/a
Relator/a
    Helder Ribeiro Freitas
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.