Plantas Medicinais no Sistema Único de Saúde um enfoque agroecológico

O artigo aborda uma experiência educativa realizada em forma de oficina intitulada: Sistema Único de Saúde (SUS) e plantas medicinais, tendo por foco constitutivo discutir as relações das políticas públicas na área da saúde e suas aproximações com as resoluções adotadas pelo Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF), na perspectiva de encontro com a agricultura familiar inserida no contexto da agroecologia. A partir destes referenciais, é notório que a agricultura familiar, agroecologia e a cadeia produtiva de plantas medicinais estão interligadas e, portanto, tornam-se fundantes para a implementação do programa em toda rede nacional de saúde. O PNPMF é uma ferramenta factível e suas diretrizes envolvem toda cadeia produtiva, na qual os educandos estão inseridos enquanto homens e mulheres trabalhadores do campo em processo de aprendizagem na construção de novos saberes.

Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.