Curso de Especialização em Educação do Campo, agroecologia e questões pedagógicas

Em uma perspectiva de apresentação preliminar de uma experiência exitosa de formação em acordo com princípios dito “agroecológicos”, este artigo pretende inicialmente alcançar dois propósitos fundamentais. O primeiro é discorrer, sem aprofundamentos, sobre o processo histórico que deu origem ao Campus Rural de Marabá (CRMB), do Instituto Federal do Pará (IFPA) e sua estreita relação com o protagonismo de organizações sociais do campo, ONGs e Instituições governamentais comprometidas com as lógicas familiares de produção. Em um segundo momento apresenta sinteticamente os elementos que balizam o curso de Especialização concebido pelo CRMB, buscando um nivelamento de princípios e a concepção de um espaço coletivo de construção das bases institucionais do próprio Campus. Este texto finaliza considerando algumas questões inerentes às reflexões iniciais deste processo de construção.

Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.