RESGATE E CULTIVO DE VARIEDADES CRIOULAS EM UM ASSENTAMENTO NO TRIÂNGULO MINEIRO

VOLTAR

Considerando a urgência de se fazer uma agricultura mais comprometida com os problemas ambientais e sociais, o GUARAS – Grupo Universitário de Agricultura com Responsabilidade Ambiental e Social – pautou como objetivo principal dessa experiência agroecológica, a troca de conhecimento teórico e científico com o conhecimento prático e popular, através da aproximação com os pré-assentados do Movimento Popular pela Reforma Agrária (MPRA) no município de Uberlândia, MG. Essa aproximação se consolidou através de um projeto de criação de um banco de sementes de variedades regionais (crioulas) como modelo para atividades de extensão. O projeto teve início em abril de 2011 e foi financiado pelo Projeto de Extensão e Incentivo a Cidadania (PEIC) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). A formação deste banco de sementes, devolve aos pequenos agricultores a independência com relação a sementes, quebrando o vínculo existente entre eles e as grandes empresas agroindustriais, além de promover trocas de experiências entres os estudantes e os agricultores, possibilitando futuras intervenções agroecológicas no pré- assentamento.

Anexos