Tecendo Redes de Experiências em Saúde e Agroecologia

Em 2020 foi realizado um processo de mapeamento e sistematização de experiências em Saúde e Agroecologia no Agroecologia em Rede (AeR). A pesquisa tem como objetivos principais colaborar para o fortalecimento das experiências em saúde e agroecologia no Brasil, favorecer a identificação, o reconhecimento e a articulação entre as práticas/saberes dos grupos participantes. São consideradas como experiências em saúde e agroecologia as diversas estratégias coletivas dos povos, comunidades tradicionais, movimentos sociais, coletivos, grupos de educação e pesquisa, instituições, Organizações Não Governamentais (ONGs) e outros, construídas a partir de princípios solidários e direcionadas à transformação das condições de saúde e vida das populações e ambientes.

Esta ação foi coordenada conjuntamente pela Agenda de Saúde e Agroecologia da Fiocruz (ligada à Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde – VPAAPS), Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia) e Articulação Nacional de Agroecologia (ANA). Participaram ativamente do processo de elaboração e revisão do instrumento de pesquisa representantes da Agenda de Saúde e Agroecologia Fiocruz (VPAAPS), do Campus Fiocruz Mata Atlântica, do Observatório Nacional de Saberes e Práticas Tradicionais, Integrativas e Complementares em Saúde (ObservaPICS), da RedesFito: Inovação em Medicamentos da Biodiversidade, do Mapa de Conflitos envolvendo Injustiça Ambiental e Saúde no Brasil, da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), do GT Saúde da ABA-Agroecologia e representantes de organizações sociais que compõem as redes da ANA.

Fruto do trabalho em rede, coletivo e colaborativo, os primeiros resultados da pesquisa ajudam a identificar diálogos e convergências entre essas diferentes ações em saúde e agroecologia e trazem pistas sobre como o conjunto dessas experiências atua nos mais diferentes territórios e provoca a refletir sobre outros caminhos possíveis.

Resultados parciais

Cada mapeamento realizado no AeR é único e trazem informações importantes sobre como a agroecologia se manifesta nos territórios. Neste mapeamento, é possível já observarmos alguns resultados parciais. Navegue e conheça mais as experiências cadastradas na plataforma!

249

Fichas cadastradas*

*Este número representa somente o total de fichas com autorização para publicação.

79

Instituições cadastradas

170

Experiências mapeadas

Principais temas abordados

Alimento, 180

Alimento, Segurança e Soberania Alimentar

Educação 133

Educação e Construção do Conhecimento Agroecológico

Práticas 102

Práticas de Cuidado em Saúde e Medicina Tradicional

Agricultura 88

Agricultura Urbana e Periurbana

Biodiversidade 86

Biodiversidade e Bens Comuns

Economia 86

Economia Solidária e outras economias

Agrotóxicos 78

Agrotóxicos e Transgênicos

Campesinato, 71

Campesinato, Povos, Comunidades Tradicionais e outros modos de vida

Terra, 70

Terra, Território e Ancestralidade

Manejo 68

Manejo dos Agroecossistemas

Políticas 66

Políticas Públicas e fomento

Mulheres 62

Mulheres e Feminismos

Águas 62

Águas e Saneamento

Arte, 59

Arte, Cultura e Comunicação

Cooperativismo 54

Cooperativismo e outros arranjos comunitários

Construção 39

Construção social de Mercados

Juventudes 36

Juventudes

Resiliência 32

Resiliência Socioecológica e Mudanças Ambientais

Impactos 26

Impactos das grandes obras, empreendimentos e outras violências

Outros 14

Outros

Baixe o Manual de Uso: como cadastrar experiências na plataforma virtual

Para mais informações, acesse o Boletim “Tecendo redes de experiências em saúde e agroecologia”.