Experiência: PAIS (Produção Agroecológica Integrada Sustentável e Tratamento e Reaproveitamento de Águas Residuárias da Unidade Experimental Canudo
Chamada : PAIS e Reaproveitamento de Águas Residuárias

Ano Publicação: 2009
   
Esta propriedade já realizava a produção de hortaliças e de suínos. A idéia foi implantar o sistema PAIS (Produção Agroecológica Integrada Sustentável), o que só precisou integrar as produções já existentes. Assim o excedente da hortaliça produzida serve de alimento aos suínos e os dejetos destes são tratados e reaproveitados como adubação na horta. Além disso deparou-se com o problema dos dejetos, tanto domésticos quanto da pocilga, que eram despejados diretamente no curso dágua. Para sanar esse problema implantou-se o Tratamento e Reaproveitamento de águas residuárias em 2 etapas:
1- Construção da Bacia de Evapotranspiração para o resíduo doméstico. Consiste em um sitema que substitui a fossa séptica negra e é feita da seguinte forma: cava-se um buraco quadrado (área = 1 metro de profundidade e 2m² para cada integrante da família), dispõe-se em média 20 pneus usados de pé em uma diagonal onde entrará também o cano de escoamento dos dejetos, coloca-se em seguida rejeito de construção (maiores) até cobrir os pneus, após coloca-se uma camada de cascalho grosso, após um sombrite ou saco (para que a areia não desça e preencha os vão do cascalho e dos rejeitos, após uma camada de areia mais grossa, após a terra que foi tirada no processo de cavar o buraco, até ficar nivelado com o solo ao redor. Terminado esse processo planta-se bananeiras e espécies que demandam bastante água. A idéia é que bactérias transformarão a massa do dejeto doméstico em adubação para o solo enquanto as plantas puxam a água pelo processo de evapotranspiração.

2- Tratamento dos dejetos dos suínos. Consiste no seguinte: a parte de massa dos dejetos é separado e tratado para que possa ser utilizado na horta. A parte líquida é tratada da seguinte forma: uma vez por semana a pocilga é lavada; essa água vai para um primeiro tambor de sedimentação para separar partículas maiores que ainda ficaram do processo de separação, a água então é passada para outro tambor e deste vai para uma caixa dágua onde é diluida com a água que vem da mina passando por dentro da propriedade e é redirecionada para irrigação das hortaliças.

Assim resolveu-se o problema de adubação da horta, da irrigação e da poluição causada pelos dejetos. Além de aumentar a área de plantio abaixo da pocilga, onde antes não poderia ser por causa do acúmulo de dejetos que saia da pocilga.
Autor(es):

Projeto "Estudo e Implantação Participativa de Tecnologias Permaculturais e Agroecológicas, através da Extensão Univesitária no Município de Carrancas-MG".
Projeto "Estudo e Implantação Participativa de Tecnologias Permaculturais e Agroecológicas, através da Extensão Univesitária no Município de Carrancas-MG".

Relator(es):

Lidiana de Oliveira Amaral

Anexos
  frm_exp_geral_ex_anexo ()
  frm_exp_geral_ex_anexo ()
  frm_exp_geral_ex_anexo ()

Áreas Temáticas
 Manejo de Recursos Hídricos
 Alimentação, Saúde e Plantas Medicinais
 Desenvolvimento Rural
 Sistemas de Produção Agrícola

Áreas Geográficas
 Carrancas