AFAOC-Associação das Famílias Agroecológicas de Otacilio Costa - Grupo de Mulheres

Como começou a experiência? Através da participação de um curso de Educação Popular ministrado pelo Centro Vianei e incentivado pela igreja católica, através da pastoral da saúde. A preocupação com uma alimentação saudável e a possibilidade de assessoria técnica para a produção agroecológica foram determinantes para a formação do grupo. Como se desenvolveu a experiência? As mulheres participantes do curso mobilizaram outras pessoas interessadas e realizaram uma viagem de intercâmbio na própria região para conhecer experiências agroecológicas. Motivadas resolveram se organizar para produção e comercialização agroecológica. Quais os principais resultados e ensinamentos? Uma das maiores conquistas se resume ao prêmio Margarida Alves, a melhoria da renda através da comercialização na feira e no mercado institucional,a valorização e reconhecimento dos homens e demais familiares pelo trabalho e organização enquanto mulheres agricultoras seguido de respeito pela família, na comunidade e pelas esferas políticas local Se a experiência envolveu mulheres e/ou jovens, como se deu esse envolvimento? A predominância das mulheres se caracterizou pela saída dos homens das unidades produtivas em busca de trabalho nas empresas envolvidas com o plantio e beneficiamento do pinus. O desafio em permanecer na propriedade levou as mulheres a buscar alternativas para o sustento familiar. Quais as principais dificuldades ? O excesso de trabalho da mulher e a pouca valorização pela sociedade. As mulheres vêm assumindo cada vez mais responsabilidades nas organizações da agricultura familiar, além de continuar a desenvolver as atividades de produção do alimento, de agroindustrialização, dos serviços domésticos e dos trabalhos com a comunidade. Também a falta mão-de-obra,pouco recurso para investimento (o banco resiste em liberar o crédito),porém o problema maior consiste na perda de cultivos pelo consumo de pássaros e animais nativos que não tem mais onde se refugiar. O município é a capital da madeira e está tomado pelo cultivo de pinus. O principal desafio é a continuidade do trabalho, manter a associação sempre ativa, buscar inserir mais mulheres, principalmente as mais jovens. Soluções encontradas, resultados alcançados e ensinamentos. Organização através do grupo e da Rede de Agroecologia Ecovida. Autonomia financeira,conquista de espaço pela mulher agricultora através do respeito familiar, da comunidade e do poder público.

Experiência
AFAOC-Associação das Famílias Agroecológicas de Otacilio Costa - Grupo de Mulheres
Ano de publicação
2010
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
  • Renato Ferreira 09/09/2018 às 17h30

    Olá! Temos tudo em pinus autoclave no atacado. Solicite TABELA de preço respondendo esse email. Peça orçamento pelo zap 47-9 9219-3555 Att. Renato Farias Ferreira Rua 902C, 1125, Alto São Bento, Itapema, SC 47-3268-1834