Sítio da Dona Iva e do Sr. Jorginho

Esta é uma experiência que retrata muito bem a agricultura familiar com enfoque agroecológico no estado do Rio. D. Iva e S. Jorginho são assentados em Cambucaes, Silva Jardim, e trabalham questões fundamentais para o fortalecimento da agricultura familiar na região. Além da produção de alimentos diversificados e sem o uso de agroquímicos, esta família guarda e reproduz uma grande variedade de sementes crioulas, tais como feijões diversos, arroz de sequeiro, milho catete, quiabo, abóboras diversas, guandu, entre outras. A família de D. Iva e de S. Jorginho também é composta de muitas crianças, seis no total, e tudo o que é plantado vai para a mesa de casa primeiramente antes de ir para a feira. A questão do auto-consumo e da segurança alimentar é bastante trabalhada nesta iniciativa. A mão-de-obra se apresenta como fator limitante para o desenvolvimento da experiência, visto que D. Iva e S. Jorginho já são idosos e não possuem filhos residindo na propriedade, somente os netos crianças. Para lidar com esta situação o casal procura trabalhar com sistemas de plantios consorciados e sinérgicos, visando otimizar a mão-de-obra e o espaço do sítio: “...plantando as plantas juntas e combinadas nós economizamos espaço e tempo, você vai colher uma e já cuida da outra...”, diz S. Jorginho. D. Iva é que participa mais dos espaços de articulação, já S. Jorginho fica mais na lida do dia a dia na roça. A Feira da agricultura familiar de Silva Jardim é o principal ponto de comercialização da família.

Experiência
Sítio da Dona Iva e do Sr. Jorginho
Chamada
sistema de produção agrícola integrado e agroecológico na agricultura familiar
Ano de publicação
2009
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.