Reciclando Escamas de Peixe

A experiência com as “Mulheres da Pesca” na produção de artesanato feito com as escamas de peixe, teve início em 2004, a partir de uma capacitação com recursos do Pronaf, realizada em Cabo Frio. As mulheres da pesca (de comunidades urbanas) vivem uma realidade que os afasta totalmente da pesca, são obrigadas a buscar alternativas de renda e oportunidades em outras atividades. O trabalho do artesanato com as escamas tem reforçado o significado da pesca na vida das mulheres. As mulheres que estavam totalmente desarticuladas e afastadas da pesca passam a reconstruir sua complementaridade a partir da reciclagem de escamas o que gera um sentimento de pertencimento. O trabalho possibilita a sua inserção em um espaço institucional (as Colônias) amplamente dominado por homens. A participação das mulheres da pesca nas conferências, feiras e espaços de produção contribuem para visibilidade de seus papéis e faz emergir um sentimento de auto estima. O grupo de mulheres do artesanato de escamas, ainda em construção, vêm experimentando importantes conquistas, cujo resultado nos faz crente da idéia de que é mais fácil à mulher a percepção de conjunto, de cooperação, de unidade. Então as mulheres poderão contribuir com a pesca responsável, do futuro?

Experiência
Reciclando Escamas de Peixe
Chamada
Experiência junto a pescadores do litoral do Rio de Janeiro
Ano de publicação
2009
Última atualização
17/04/2018
Autor/a
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.