Sistemas agroflorestais: rumo à sustentabilidade dos agroecossistemas na Zona da Mata de Minas Gerais

A Zona da Mata mineira localiza-se no Bioma Mata Atlântica e enfrenta vários problemas ambientais e sociais advindo principalmente do tipo de agricultura praticada na região. Na busca de soluções, em 1993 foi realizado um Diagnóstico Rápido Participativo no município de Araponga em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR's), o Centro de Tecnologias Alternativas da Zona da Mata (CTA/ZM) e Universidade Federal de Viçosa (UFV). Um dos principais problemas levantados foi o enfraquecimento dos solos utilizados para a agricultura. Como alternativa para superar esta situação foi sugerida a experimentação participativa com Sistemas Agroflorestais (SAF´s), com o objetivo principal de conservar o solo e também de diversificar a produção nos cafezais, a principal cultura de renda da região.

Experiência
Sistemas agroflorestais: rumo à sustentabilidade dos agroecossistemas na Zona da Mata de Minas Gerais
Chamada
Sistemas agroflorestais
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Área Temática
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.