O sistema agroflorestal do Vicente e da Lucimar

Vicente Donizete e Lucimar moram com seus três filhos na comunidade de São Joaquim, município de Araponga, na Zona da mata mineira. A propriedade da família tem seis hectares, e fica no alto de uma grota. Antes de iniciarem as experiências com sistema agroflorestal, o casal sempre teve problemas com a erosão do solo e a baixa produtividade. Em 2,5 hectares o casal planta café entre as árvores (castanha mineira, candeinha, cabriúna, cinco-folhas, pau-mulato, bico-de-pato, aroeira e tajuba), e a produção para 1500 pés é de cerca de 15 sacas. No meio dos pés de café tem ainda banana, cana, feijão, milho e plantas medicinais. A família possui quatro cabeças de gado que são criados em sistema de pastagens com árvores de folhas pequenas, e ainda tem junto uma criação de abelhas que reforça a renda familiar e contribui para a polinização do café. Vicente construiu um coletor de água de chuva, e a água depositada é utilizada para produzir caldas aplicadas na lavoura. A construção de estradas em curva de nível e a cobertura do solo diminuíram consideravelmente a erosão. O casal percebeu ainda que é melhor semear a terra do que plantar mudas.

Experiência
O sistema agroflorestal do Vicente e da Lucimar
Chamada
Sistema agro-silvopastoril na Zona da Mata mineira
Ano de publicação
2005
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.