O Mutirão comunitário de São Felipe Espera Feliz

Desde 1999, os agricultores da comunidade de São Felipe, em Espera Feliz na Zona da Mata do estado de Minas Gerais, resolveram trabalhar em mutirão com o objetivo de facilitar o trabalho dos agricultores na propriedade. O mutirão é realizado toda segunda-feira e funciona no sistema de troca de dia de trabalho. No início, começaram com um grupo de 8 pessoas e a escolha das famílias era segundo o critério da necessidade. O grupo cresceu e decidiram que passariam a funcionar por sorteio. Quando todos são sorteados, todos os nomes voltam para a caixa, começando um novo ciclo de atividade. Já teve época de ter mais de 40 pessoas no grupo. O fechamento de um ciclo que sempre termina em confraternização, celebrando o trabalho realizado em conjunto. As regras de funcionamento do mutirão foram também construídas coletivamente. A comunidade de São Felipe é reconhecida pelo trabalho que desenvolve com o mutirão. Este trabalho conta com o apoio do STR de São Felipe. Os mutirões também têm se tornado um espaço importante para a divulgação de práticas alternativas de agricultura como o uso do supermagro, biogeo, homeopatia na agricultura, entre outras, que não sejam prejudiciais a saúde dos trabalhadores.

Experiência
O Mutirão comunitário de São Felipe Espera Feliz
Chamada
Trabalho comunitário construindo a agricultura sustentável
Ano de publicação
2003
Última atualização
17/04/2018
Autor/a
Relatoras/es
Área Temática
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.