Alternativas para a cultura do fumo: a experiência da fruticultura tropical no Território Central do Estado do Rio Grande do Sul

O estado do Rio Grande do Sul é caracterizado pelo clima subtropical, sendo comum a formação de geadas no inverno. Porém existem zonas que fogem a essa regra, como é o caso do rebordo do planalto gaúcho. Essa região é caracterizada pela imigração alemã e italiana e formada em grande parte por propriedades familiares. A fumicultura é um cultivo importante nessa região e em função dos problemas socioambientais que acarreta, busca-se alternativas. Duas propriedades se destacam na fruticultura tropical, representada principalmente pela bananicultura, como uma alternativa à fumicultura. Uma delas, localizada no município de São João do Polêsine, que já está consolidada com a produção ecológica, enquanto a segunda, localizada no município de Agudo, apresenta-se no início da conversão. Nesse sentido o trabalho desenvolvido pelo NEA-UFSM pode contribuir para a aproximação e trocas de informações entre os agricultores, já que estas propriedades estão em condições sociais e ambientais muito próximas.

Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.