Caracterização das propriedades rurais em transição agroecológica do território central do Rio Grande do Sul

Resumo Com o intuito de formar uma rede de contatos e informações no território central do estado do Rio Grande do Sul e fortalecer as redes de cooperação existentes, foram situadas e mapeadas as propriedades em transição agroecológica presentes na região. Estas propriedades foram subdivididas conforme a descrição do relevo, que compreende três microrregiões: serrano, planalto e planície. Para a análise das características foram escolhidas propriedades representativas de cada microrregião para a realização de entrevistas estruturadas, além de pesquisas bibliográficas sobre os municípios. Deste modo, demonstrou-se que nas microrregiões Serrana e Planície são predominantes a agricultura de pequena escala, destinadas à olericultura e fruticultura. Na região do Planalto encontram-se a produção hortícola e as pecuárias de corte e leiteira. Foram mapeadas em 2014, portanto, um total de 95 propriedades localizadas em 18 municípios do Território Central-RS. Palavras-chave: Mapeamento; Território Central – RS; Sustentabilidade.

Experiência
Caracterização das propriedades rurais em transição agroecológica do território central do Rio Grande do Sul
Ano de publicação
2016
Última atualização
28/05/2018
Autoras/es
Relator/a
Área Temática
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.