Comunidades de Picuí buscam novas formas de conviver com o Semi-Árido

A formação da comunidade de Serra Baixa, no município de Picuí (PB), ocorreu entre os anos de 1920 e 1940, tendo desde o início a criação animal como principal fonte de renda. No entanto, nos constantes períodos de seca os agricultores são obrigados a buscar fontes alternativas de alimento para os animais, utilizando faxeiro, xique-xique, coroa de frade e palma forrageira, além da "caríssima" torta de algodão. Entretanto, estas fontes de alimento nem sempre são suficientes para o ano todo, principalmente nas épocas de seca. Diante desse problema, a comunidade resolveu se mobilizar. No ano de 2004 começaram a fortalecer a organização, discutindo e buscando formas para facilitar a vida das famílias e dos animais. O primeiro passo foi a participação em espaços de discussão sobre agricultura familiar e convivência com o semi-árido, a exemplo da Articulação do Semi-árido Paraibano, a ASA Paraíba. Isso possibilitou a troca de muitas experiências com outros agricultores e agricultoras familiares do semi-árido brasileiro, além do conhecimento sobre o armazenamento de forragem. Em uma visita de intercâmbio a famílias agricultoras do município de Soledade (PB) conheceram algumas formas de armazenar forragem para o período seco, sendo uma delas a silagem. Resolveram fazer uma experiência onde se optou por trabalhar em forma de mutirão. Primeiramente, o jovem agricultor experimentador Raniere Santos, da comunidade de Serra Baixa, socializou com os companheiros das comunidades de Serra Baixa, Olho d'água, Tanquinhos e Quixaba a sua experiência em armazenamento de forragem. O grupo seguiu então os passos do jovem: pegaram o capim, a palha do milho e outras forrageiras nativas que crescem durante o período das chuvas; o material foi cortado e armazenado em silos de superfície. No final visita tinham sido armazenados mais ou menos 50 mil quilos de forragem. Nesse processo foram capacitados 20 agricultores de diversas comunidades para fazer os silos de superfície e armazenar forragem.

Experiência
Comunidades de Picuí buscam novas formas de conviver com o Semi-Árido
Chamada
Armazenamento de forragem
Ano de publicação
2000
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relatoras/es
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.