Sustentabilidade no Campo

Sustentabilidade no Campo Maria Alves reside na comunidade Fava de Cheiro, município de Teixiera, Paraíba, onde vive uma vida simples ao lado de seu esposo Marcos. Com bastante cumplicidade e companheirismo o casal desenvolve algumas atividades no campo. A agricultora cultiva alimentos agroecológicos, cria animais de pequeno porte, faz doce caseiro e polpa de frutas. A prioridade da produção é para o consumo familiar, no entanto, o excedente é comercializado. Maria participa do grupo de mulheres, que integra a Unidade de Beneficiamento de Frutas existente na comunidade. A agricultora além de beneficiar a produção da fruteira de sua propriedade, também compra frutas a outras famílias da comunidade para produzir polpa e vender na comunidade e na cidade de Teixeira para o comércio e para as escolas. A Unidade de Beneficiamento aumentou a capacidade de armazenamento de polpas, após a instalação de uma câmara fria, pelo projeto Agroecologia Gerando Renda e Promovendo Cidadania na Serra de Teixeira, patrocinado pela Petrobrás através do Programa Petrobrás Socioambiental. Pelo projeto a família de Maria foi beneficiada com uma barraca de feira e um Sistema de Boia para a lavagem do telhado. O sistema de boia garante que a água de qualidade seja armazenada na cisterna. Luana Alves, a filha mais nova de Dona Maria e de Marcos, compartilha da ideia da mãe, pois com a participação em atividades, a mãe e a filha adotaram novas práticas de manejo de lixo doméstico, transformando os arredores da sua casa em locais produtivos e harmoniosos. Os resíduos, como: garrafa pet, pneus, garrafas de vidro e baldes são aproveitados para o plantio de hortas, plantas ornamentais e frutíferas. Outro diferencial da família consiste na integração das atividades, na medida em que Maria Alves realiza os afazeres domésticos, reaproveita a água da pia para irrigar as plantas frutíferas cultivadas ao arredor da casa, já as cascas de frutas processadas na unidade são usadas na alimentação dos animais.