FORMAÇÃO DO NÚCLEO DE ESTUDO EM AGROECOLOGIA E PRODUÇÃO ORGÂNICA NA REGIÃO DO VALE DO JAGUARIBE, CEARÁ.

A referida proposta de trabalho trata da implantação do Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica – NEA de Limoeiro do Norte, município localizado na região do Vale do Jaguaribe, Estado do Ceará, adotando as bases para a formação de uma rede de referência em extensão tecnológica, articulada a educação profissional e tecnológica voltada à inclusão social e produtiva em bases agroecológicas. A população de Limoeiro do Norte é de aproximadamente 56.000 habitantes, dividida em 60% na zona urbana e 40% na zona rural, com taxa de analfabetismo funcional na faixa etária superior a 15 anos de 20% da população municipal. A parte da população que se encontra em extrema pobreza, àquela que possui renda inferior a R$ 70,00 (setenta reais) per capita, é de 5.897 habitantes, correspondendo a 10% da população municipal, distribuída entre habitantes da zona urbana e da zona rural. Além do município de Limoeiro do Norte, o aludido projeto terá a disponibilidade de atender outros municípios circunvizinhos, tais como: Alto Santo, Morada Nova, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte, totalizando aproximadamente 213.000 habitantes atendidos. Uma expressiva parte da população desta região reside ou depende economicamente da atividade agrícola, o que fundamenta a implantação de um Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica, devido à demanda por conhecimento técnico e tecnológico nesta área, com foco na melhoria da qualidade de vida desta população e preservação ambiental, utilizando a pesquisa e a extensão rural na região do semiárido cearense como suporte das ações de desenvolvimento sustentável. Diante do exposto, objetivam-se com este projeto proporcionar subsídios para difundir, divulgar e implantar alternativas tecnológicas indutoras de inovações, eficiência e competitividade socioeconômicas e ambientais nas atividades da Agricultura Familiar, adotando os princípios da Agroecologia, visando à sustentabilidade, participação comunitária e convivência solidária, por meio do diagnóstico da situação atual do sistema convencional de produção, suas potencialidades e limitações, com ações para transição gradual para o sistema em bases agroecológicas, pela difusão de tecnologias, oriundas de pesquisas e estudos conduzidas sob os princípios da agroecologia.

Experiência
FORMAÇÃO DO NÚCLEO DE ESTUDO EM AGROECOLOGIA E PRODUÇÃO ORGÂNICA NA REGIÃO DO VALE DO JAGUARIBE, CEARÁ.
Ano de publicação
2013
Última atualização
17/04/2018
Autor/a
Relator/a
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.