Mutirão ciranda, construindo agroecologia para além das salas de aula

Com origem nos movimentos alternativos da década 1980, os grupos GAO – Grupo de Agroecologia e Agricultura Orgânica, Grupo Apêti de Agrofloresta, e SAUIPE - Saúde Integral e Permacultura, dão continuidade aos questionamentos do modelo agrícola hegemônico e se reconhecem como atores na construção do movimento agroecológico e na construção da educação agroecológica na Universidade Federal de Viçosa (UFV). Para articular, estes três grupos, estudantes, professores e técnicos na UFV e da região da Zona da Mata mineira, constituíram o Mutirão Ciranda, tendo como objetivo potencializar ações já existentes e criar novas demandas para fortalecer a formação e a divulgação da Agroecologia. Assim, diversas atividades conjuntas vem sendo realizadas desde a criação desse grupo de articulação, com a proposta de expandir esta articulação a âmbito nacional a partir da REGA-Brasil (Rede dos Grupos de Agroecologia do Brasil)

Experiência
Mutirão ciranda, construindo agroecologia para além das salas de aula
Ano de publicação
2013
Última atualização
28/05/2018
Autoras/es
Relator/a
Área Temática
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.