A Agroecologia de Vera e Amaury - experiências da agricultura familiar e agroecologia

Os trabalhos na propriedade diminuíram entre 2001 e 2004, época em que o agricultor assumiu a diretoria da Associação Regional de Agricultores Familiares da Zona da Mata, o que lhe exigiu grande dedicação. Apesar disso, Amauri conta que esse período foi muito importante para contribuir com o movimento sindical, momento em que obteve muito aprendizado. É marcante a quantidade e variedade de espécies encontradas ao redor da casa, como ipê amarelo, ipê-preto, capoeira-branca, genipapo, ameixa-do-pará, candiuba, bambu, maminha de porca, eucalipto, imbiruçu, angá, bananeiras, pupunha, jussara, pitanga,copaíba, ameixa, cinco-folhas, graviola, santabárbara, goiaba, urtiga, papagaio, flamboiant, cura-madre, pêssego, pingo-de-ouro, guandu,laranja, mexerica, limão, pêssego, jabuticaba,boldo-do-brasil, mamão, caqui, graxa, tuia,murta, jabuticaba, entre muitas outras. Algumas dessas plantas, em especial as frutíferas, foram plantadas a partir de mudas,porém a maioria nasceu espontaneamente,por propagação natural no terreno. Algumas espécies, que o agricultor desejava possuir,nasceram sem a necessidade de serem semeadas, frutos da força da vontade e do desejo, disse Amauri. Muitos são os benefícios da diversificação.

Experiência
A Agroecologia de Vera e Amaury - experiências da agricultura familiar e agroecologia
Ano de publicação
2013
Última atualização
28/05/2018
Autoras/es
Relator/a
Anexo
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.