Sistemas Agroflorestais no Assentamento Sepé Tiarajú

Anteriormente foram desenvolvidas ações locais, especialmente unidades de observação em áreas coletivas. Delas derivou um considerável número de iniciativas nos lotes dos agricultores, nos quais, mantendo os princípios agroecológicos, desenvolveram-se sistemas específicos, segundo a condição e os objetivos dos agricultores. O trabalho de monitoramento de sistemas agroflorestais – SAFs - em curso, objetiva sistematizar dados para avaliar o desempenho dos sistemas e para, eventualmente, melhora-lo do ponto de vista técnico, ecológico e sócio-econômico. Pode-se observar um avanço considerável na compreensão dos conceitos de agroecologia e sistemas agroflorestais, além do enriquecimento dos processos de construção do conhecimento, por intermédio do diálogo de saberes entre agricultores e entre eles e os técnicos.

Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.