Feira Agroecológica de Rio Formoso na Zona da Mata de Pernambuco

Um comércio solidário que une o campo e a cidade na busca de produtos de qualidade No Nordeste do Brasil, as feiras livres fazem parte da vida das pessoas do campo e da cidade. Em Pernambuco, esses espaços de comercialização estão em toda parte. Hoje, há outros tipos de feiras livres em diversos municípios de do Estado, são as feiras agroecológicas. Elas são resultados do trabalho de organizações não governamentais (ONG) e das famílias agricultoras que resolveram produzir de forma diferente, sem agredir o meio ambiente. Feira da Agricultura Familiar de Rio Formoso Ela funciona há dois anos, na praça principal do município de Rio Formoso. Lá 22 agricultores e agricultoras comercializam sua produção agroecológica toda quarta-feira, a partir das seis horas da manhã. Levam para a população da cidade alimentos saudáveis, criando laços de amizade e confiança entre consumidores, consumidoras, agricultores e agricultoras. A feira gera renda para as famílias e é um incentivo para quem deseja diversificar e aumentar sua produção agrícola. O transporte dos produtos até o espaço de comercialização representa hoje um dos maiores desafios para as famílias. A ausência dos veículos para o transporte, e a má qualidade das estradas e acessos, muitas vezes é fator de exclusão à participação das famílias Mesmo assim, os agricultores e agricultoras constroem estratégias de resistência ante as adversidades. A união é principal delas. Um grupo formado por três pessoas: coordenação, secretaria e tesouraria, coordenam a feira. De dois em dois meses se reúnem para planejar as atividades que possam garantir a qualidade dos produtos comercializados e o funcionamento da feira. Uma das atividades realizadas pelo grupo de famílias são os mutirões para melhorar ou implantar os Sistemas Agroflorestais nas áreas dos agricultores e das agricultoras. “Nas reuniões, planejamos a realização de mutirões nos sítios dos agricultores que precisam ampliar ou melhorar a sua produção”, explica o agricultor e coordenador da feira, José Luiz. Assessoria às Famílias A feira de Rio Formoso também conta com a assessoria do Centro Sabiá, que atua no município há cinco anos assessorando famílias agricultoras dos assentamentos da região. Com a organização do espaço de comercialização a instituição promoveu diversas capacitações para contribuir com as famílias que desejavam comercializar. Cursos de beneficiamento de produção, associativismo, cooperativismo, comercialização e intercâmbios para conhecer outras famílias que produziam e comercializavam seus produtos, fizeram parte das atividades. Para Cleonice Maria “essas atividades de orientação e treinamento vieram para dar segurança aos agricultores e agricultoras que comercializam na feira da agricultura familiar de Rio Formoso”, afirma. A produção de alimentos agroecológicos contribui para segurança alimentar das famílias agricultoras e urbanas. É o que afirma a consumidora Gleide Larceda. “Quando eu morava na cidade do Recife, comprava alimentos sem conhecer a procedência e quem produzia. Agora, morando em Rio Formoso, eu tenho a certeza que estou consumido alimentos saudáveis. Isto é muito importante para minha família”, explica ela.

Experiência
Feira Agroecológica de Rio Formoso na Zona da Mata de Pernambuco
Chamada
A experiência de comercialização na Feira Agroecológica de Rio Formoso- Pe
Ano de publicação
2011
Última atualização
17/04/2018
Autoras/es
Relator/a
Anexos
Áreas Temáticas
Áreas Geográficas
Comentários
Ainda não há comentários sobre esta experiência.